segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Cursos online e gratuitos são oferecidos para jovens de periferia


 
Foto: Reprodução

Jovens de periferia, entre 18 e 29 anos, de todo o Brasil têm a oportunidade de começar uma formação online e gratuita em cultura digital. O projeto, lançado a partir da Lei de Incentivo à Cultura, com o apoio do Cinema Nosso, pretende reverter o número de desempregados nessa faixa-etária no país.

Cerca de 44% desse grupo sofre com o desemprego. A grande causa, apontada por eles, foi a chegada da pandemia. Cinco a cada dez entrevistados pela pesquisa ainda dizem que trabalham como forma de complementar a renda da família.

“O LAB CN faz um importante trabalho de ensino quando o assunto é cultura digital e suas múltiplas possibilidades de atuações. Tem tudo a ver com a nossa história e, principalmente, nossa visão de futuro” conta, Lidia Mathias, Head de Comunicação da modalmais – empresa que apoiou o projeto do LAB.

A formação de 200 horas abrange conteúdos teóricos e práticos. Dentro das modalidades, os alunos podem escolher Programação, Marketing Digital e Audiovisual para Redes Sociais. O projeto ainda prevê recuperar os déficits da educação durante a pandemia e aproximas os jovens do mercado formal de trabalho.

“O objetivo é formar e conectar multiplicadores em ações relacionadas à cultura digital, audiovisual e produção de mídia. Nossa proposta é instrumentalizar, através de conhecimentos do mundo digital e tecnológico, as juventudes que lideram ou querem liderar projetos culturais, potencializando a área artística e cultural brasileira”, explica a coordenadora de projetos de juventude do Cinema Nosso, Gabriela Gonçalves.

Mais de dez mil jovens já passaram pelo Instituto Cinema Nosso, no Rio de Janeiro, para complementar a formação educacional. Os interessados podem se inscrever através desse formulário.

Com informações do site: UOL