terça-feira, 14 de setembro de 2021

Concurso PGE RS para técnicos e analistas será o próximo a sair


 
Foto: Reprodução
O próximo concurso PGE RS será para a área de Apoio. O edital será publicado pela Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec), banca organizadora. A página de acompanhamento da seleção, inclusive, já foi criada.

Este será o segundo concurso a ser realizado pela Procuradoria Geral do Rio Grande do Sul neste ano. Isso porque, no último dia 6, foi divulgado o edital para procurador, com sete vagas para a classe inicial.

O próximo concurso PGE RS, no entanto, pode oferecer até 90 vagas. Esse foi o quantitativo autorizado pelo governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, em janeiro deste ano.

Conforme o aval, são 59 vagas para o cargo de analista e 31 para técnicos administrativos e de informática. No primeiro caso, os candidatos deverão apresentar o nível superior nas áreas a serem oferecidas.

Já os técnicos podem ter o nível médio mais o curso de aperfeiçoamento, além da experiência de, pelo menos, um ano, como requisitos. Os ganhos iniciais, em ambos os casos, ainda não foram revelados.

Resumo sobre a seleção;

Órgão: Procuradoria Geral do Rio Grande do Sul
Cargos: analista e técnicos administrativos e de informática
Vagas: 90
Requisitos: níveis médio/técnico e superior
Remuneração: a partir de R$2.685,79
Banca: Fundatec
Status: banca contratada
Folha Cursos


Último concurso PGE RS foi realizado em 2014;

Um fator que reforça a necessidade do novo concurso PGE RS é que os últimos editais foram publicados em 2014. Na época, foram oferecidas vagas para o quadro geral e para procuradores. 

Os dois concursos somaram 82 vagas, sendo 73 distribuídas entre cargos dos níveis médio, técnico e superior e nove para procuradores.

Todos os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas. Também houve exame discursivo para cargos de nível superior e elaboração de trabalho jurídico para os candidatos ao posto de procurador. 

No exame de múltipla escolha, para cargos do quadro geral, foram aplicadas 50 questões, sendo elas de:

Português;
Legislação;
Raciocínio Lógico; e
Conhecimentos Específicos.

Já o exame para procuradores teve 100 questões, sendo 20 de Português e 80 de Conhecimentos Específicos.

Os últimos aprovados da PGE ingressaram nos anos de 2016 e 2014, por isso a necessidade de um novo edital. Há sete anos, os vencimentos variavam de R$2.685,79 a R$18.460,82.

Com informações do site: folhadirigida