domingo, 26 de setembro de 2021

Bolsonaro: “Se eu usasse o Auxílio Brasil para ganhar a eleição, pagaria R$ 600”


 
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro concedeu entrevista à revista Veja nesta quinta-feira (23) e confirmou que o Auxílio Brasil, programa que substituirá o Bolsa Família, vai pagar “no mínimo” R$ 300. Ele também disse que o aumento de mais de 50% não é por motivos eleitoreiros.

“Acertei com o Paulo Guedes um mínimo de 300 reais para o Auxílio Brasil, um programa que, ao contrário de governos passados, não vai ser usado como curral eleitoral. Se eu usasse o programa para ganhar a eleição, colocava o valor em 600 reais”, afirmou. 

O programa, no entanto, ainda depende da solução com os precatórios, que totalizam R$ 89,1 bilhões em 2022. Para se adequar à lei eleitoral que impede aumento de programas sociais em ano de eleição, o governo tenta correr para conseguir lançar o Auxílio Brasil entre novembro ou dezembro deste ano, após o fim do auxílio emergencial. 

Bolsonaro também aproveitou para criticar o Partido dos Trabalhadores, cujo candidato, o ex-presidente Lula, aparece à frente nas pesquisas, indicando até que poderia ganhar em primeiro turno. 

“Em outros governos, com uma canetada fingia-se que estava extinta a pobreza no Brasil. São as hipocrisias. Duvido que o PT se reelegeria com o Orçamento que eu tenho. Com toda a certeza eles iriam furar o teto de gastos. Apesar da nossa dívida e dos nossos problemas, a nossa meta é ter responsabilidade e cumprir o teto de gastos, lógico”, cutucou Bolsonaro. 

Com informações do site: IG