quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Ações da Hapvida caem 2% após empresa ser citada na CPI da Covid


 
Foto: Reprodução

As ações da empresa de planos de saúde Hapvida ampliavam perdas para mais de 2% nesta quarta-feira (22) em meio a ameaças de senadores em sessão da CPI da Covid, que pedem a convocação de executivos da companhia para depor.

A sessão da CPI ouve o depoimento de Pedro Benedito, diretor da empresa de planos de saúde Prevent Senior, que teve dados usados pelo governo de Jair Bolsonaro para incentivar a adoção de tratamentos não comprovados contra a doença.

Questionado por senadores sobre uma suposta política de “obediência e lealdade” em vigor na Prevent Senior, o executivo afirmou que a expressão foi usada em 2017 por um ex-diretor da companhia que trabalharia para a Hapvida.

Procurada, a Hapvida não pode se manifestar de imediato. Às 15h26, a ação da operadora exibia baixa de 2,2%, a R$ 14,84.

Além de Hapvida, o papel da Notre Dame Intermédica, com quem a Hapvida tenta uma fusão, caía 2,9%, maior queda do Ibovespa+1,84%, que tinha valorização de 2,6%. Ainda no setor de saúde, Rede D’Or mostrava baixa de 0,4%.

Com informações do site: einvestidor