terça-feira, 10 de agosto de 2021

Tem como economizar gasolina? Descubra como diminuir valor!


 
Foto: Reprodução

Tem como economizar gasolina? Essa tem sido uma pergunta feita por muitos motoristas recentemente. Por conta do aumento recorrente no preço do combustível, a economia nos gastos tem sido uma forma de aliviar no bolso. Conheça algumas ações que podem ser feitas pelos condutores.

O reajuste no valor da gasolina tem sido uma dificuldade enfrentada por milhões de brasileiros. Mesmo que este problema fuja do controle dos motoristas, algumas ações individuais podem fazer com que o gasto com este combustível reduza.

Tem como economizar gasolina? Conheça algumas medidas para diminuir valor

Calibre os pneus: é importante que o condutor realize a calibragem recorrente — sempre com os pneus frios. Para saber a pressão recomendada, vale verificar o manual do proprietário.

Se atente ao alinhamento das rodas: o alinhamento, assim como o balanceamento dos pneus, é importante para que o veículo se mantenha estável.

Não force o motor: ao forçar o motor, há o aumento dos giros de maneira excessiva. Como resultado, o combustível gasta de forma mais rápido, e o componentes do veículo podem ser prejudicados.

Troque as marchas corretamente: conforme citado, o motor não deve ser forçado. Para isso, o condutor deve trocar as marchas no momento correto. Vale destacar que, para evitar gasto mais rápido da gasolina, é indicado que a pessoa evite altas velocidades.

Não sobrecarregue o veículo: caso o veículo ande com um volume alto de carga, mais combustível será gasto. Por conta disso, vale seguir a capacidade indicada pela montadora.

Utilize combustível de qualidade: ao abastecer com gasolina “batizada”, o veículo pode danificar, além de aumentar o consumo.

Evite deixar o veículo na reserva: quando o nível de gasolina no reservatório está baixo, acontece um aumento nas taxas de vaporização. Desse modo, há um desperdício de líquido.

Confira a situação dos cabos e velas: Como estes componentes são fundamentais para que o combustível queime da melhor forma, o condutor deve estar atento à situação atual dos itens.

Se atente ao catalisador e escapamento: se o catalisador tiver danificado, há mais consumo e emissão de gases tóxicos decorrentes da queima do combustível em água, nitrogênio e gás carbônico. Outro possível problema é o desprendimento dos componentes internos do sistema de escape e do catalisador.

Verifique o arrefecimento: caso a válvula termostática apresente problemas, pode causar travamento na posição aberta. Assim, há liberação total da passagem do fluído de arrefecimento para o radiador — de forma que o motor atue em temperatura abaixo do recomendado, e o sistema de injeção envie mais gasolina para queima sem necessidade.

De modo geral, é importante que o motorista sempre esteja com a manutenção do veículo em dia. Para auxiliar, é importante verificar o manual do fabricante.

Com informações do site: FDR