terça-feira, 3 de agosto de 2021

SP adiciona mais de 300 mil famílias ao vale-gás; veja quem recebe


 
(Foto: Reprodução)
Vale Gás do governo de São Paulo
O governo de São Paulo ampliou o número de recebedores do vale-gás de 104 mil famílias para 426.926 mil, informou a secretária de desenvolvimento social, Célia Parnes. Com isso, o orçamento total do programa irá de R$ 31 milhões para 128 milhões.

O programa visa atender famílias de baixa renda, e terá valor de R$ 100 por mês. Para estar elegível ao recebimento do vale, é preciso que a família tenha a renda por pessoa inferior a  R$ 178. Ao todo, o estado pretende atingir 100 mil pessoas.

Terão acesso ao programa as famílias inscritas no CadÚnico (sem direito ao Bolsa Família) e com renda mensal per capita de até R$ 178. Para saber se poderá ser inserido no programa, o cidadão deve entrar no site oficial do Vale Gás (www.valegas.sp.gov.br) e consultar a elegibilidade ao benefício. O site já está disponível e basta digitar o número do NIS (Número de Inscrição Social) para ter acesso às informações.

Veja os 82 municípios participantes do programa Vale Gás

Americana, Amparo, Atibaia, Bananal, Barueri, Bauru, Bertioga, Biritiba-Mirim, Botucatu, Caçapava, Caieiras, Cajamar, Campinas,Campo Limpo Paulista, Campos do Jordão,  Capivari, Caraquatatuba, Carapicuíba,  Cordeirópolis, Cotia,  Cruzeiro, Cubatão, Diadema,  Embu das Artes, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato,  Franco da Rocha, Guaratinguetá, Guarujá,  Guatulhos, Hortolândia, Ibirarema,  Ibiúna, Ilhabela, Itapecerica da Serram,  Itapevi, Itaquaquecetuba, Itirapina, Itu, Jacareí, Jandira, Jundiaí, Lorena, Mairinque, Mairiporã, Marília, Mauá,  Mogi das Cruzes, Osasco, Pederneiras,  Peruíbe,  Piracicaba, Pirapora do Bom Jesus,  Poá, Praia Grande, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Rio Claro, Rio Grande da Serra,  Salto, Santa Cruz do Rio Pardo, Santana de Parnaíba,  Santo André, Santos,  São Bernardo do Campo,  São José dos Campos, São Paulo, São Pedro, São Roque, São Sebastião, São Vicente, Sorocaba, Sumaré, Suzano,  Tabatinga,  Taboão da Serra, Tatuí, Tremembé, Ubatuba, Várzea   Paulista e Votorantim.

Com informações do site: IG ECONOMIA