quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Sacar FGTS trabalhando: é possível? Conheça as modalidades para conseguir um dinheiro extra


 
Foto: Reprodução

O FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) nada mais é do que um valor depositado mensalmente pelo empregador e repassado aos trabalhadores sob algumas regras após o término do contrato de trabalho. Em verdade, como citado, o dinheiro não vai diretamente para o trabalhador, ficando restrito em um tipo de conta específica. Porém, atualmente cogita-se a possibilidade de sacar FGTS trabalhando. Mas, será que existe mesmo essa condição de dinheiro extra? Confira com a matéria que o Notícias Concursos preparou nesta quarta-feira (04).

Como sacar FGTS trabalhando? Quais são as possibilidades?

Sacar FGTS trabalhando é uma incógnita para muitas pessoas, uma vez que o Fundo de Garantia, como todos sabem, fica restrito por funcionar como poupança compulsória. Ademais, isso significa que o FGTS é um tipo de reserva feita para o trabalhador, em seu nome, independentemente de sua vontade, mas que não pode ser movimentada.

Contudo, o cidadão pode recuperar a quantia em casos específicos que normalmente tenha alguma urgência. Por isso, não esqueça de certificar, a seguir, quais são as formas de resgatar o Fundo de Garantia. Dessa forma, observe se poderá ou não resgatar pelo menos uma parte do valor ainda neste ano.

A seguir, mostraremos as mais importantes chances que uma pessoa tem de receber o FGTS mesmo que não tenha havido a demissão sem justa causa. Dessa maneira, veja se você está enquadrado em alguns dos casos.

Saque-aniversário

Antes de tudo, tem como receber o FGTS ainda que esteja trabalhando. Para tal, a modalidade é a de saque-aniversário. Ela é disponibilizada a todas as pessoas que tenham uma conta ativa ou inativa. Em outras palavras, é relativa a negócios em vigor atualmente ou que já se encerraram.

Para sacar nessa modalidade, a pessoa precisa pedir a liberação pelo app ou site do governo. No caso de a solicitação ocorrer até no fim do mês referente ao aniversário da pessoa, o saque poderá se realizar ainda nesse ano.

Já por outro lado, caso essa data não seja respeitada o pagamento será realizado apenas no ano seguinte. Cabe mencionar que esse saque irá impedir a pessoa futuramente de sacar a quantia integral do fundo.

Em contrapartida, caso o prazo não seja respeitado, o pagamento acontece apenas em 2022. Sem contar que, vale ressaltar que aderindo à modalidade o saque ao Fundo de Garantia Integral é impedido nos casos de dispensa do trabalho sem a justa causa.

Doença grave permite sacar FGTS trabalhado

É também concedido o recebimento do FGTS quando houver um diagnóstico de alguma doença grave. Nesse caso, consideram-se doenças graves as do tipo estágio terminal. E também o HIV, câncer e outras.

Sacar FGTS mesmo ainda trabalhando para construir casa própria

E também pode-se usar a quantia do Fundo para a compra de imóveis. Nessas situações, a solicitação é feita para a Caixa Econômica. É preciso, também, ser inscrito há três anos no FGTS. Cabe mencionar que a quantia tem a possibilidade de uso na compra de terreno, imóveis e construção de casas.

Trabalhador já aposentado

Por último, a pessoa que se aposentou e continua trabalhando, tem direito ao saque mensalmente. Para isso acontecer, no entanto, deve continuar trabalhando na empresa onde se aposentou. Do contrário, não tem como receber o FGTS e trabalhar, mas a pessoa pode acabar recebendo através das outras modalidades, como é o caso da dispensa sem justa causa. Ou, por ter chegado aos 70 anos de vida.

O Fundo de Garantia comumente é um alívio para os demitidos ou para aquelas que desejam construir ou comprar um imóvel. Veja em quais situações você pode ser contemplado e corra atrás do seu benefício, seja para sacar FGTS trabalhando ou não.

Com informações do site:  noticiasconcursos