domingo, 22 de agosto de 2021

Quando será paga a 6ª parcela do auxílio emergencial; veja tabela


 
Foto: Reprodução
Durante a pandemia, o auxílio emergencial se tornou a principal fonte de renda para muitas famílias. Por isso, os beneficiários querem saber quando será paga a 6ª parcela do auxílio emergencial. 

Diante disso, saiba que o governo já liberou o cronograma de crédito na conta poupança digital que acontecerá em setembro. Além disso, também é possível conferir as datas do saque da parcela extra.

Assim, confira a seguir quando será paga a 6ª parcela do auxílio emergencial, os valores do benefício e como verificar se você tem direito. 

Extensão do auxílio emergencial

Inicialmente, estava previsto que o auxílio emergencial em 2021 terminaria no mês de julho, mas para auxiliar os cidadãos durante a pandemia, o governo decidiu pela prorrogação do benefício.

Desta forma, os pagamentos seguem até outubro, totalizando sete parcelas do auxílio emergencial. É importante ressaltar que não haverá um novo cadastro, então, os beneficiários que já receberam as parcelas anteriores e que cumpram os requisitos estabelecidos pela MP 1.039/21, vão receber as parcelas extras.

Quando será paga a 6ª parcela do auxílio emergencial?

No primeiro grupo que tem direito ao auxílio emergencial estão os cidadãos cadastrados no Bolsa Família. Assim, o benefício será depositado através das contas digitais entre os dias 17 e 30 de setembro. 

Segundo a Caixa Econômica Federal, o pagamento será feito como nos ciclos anteriores: o beneficiário deve verificar o último dígito do NIS (Número de Identificação Social). Esta informação é encontrada no cartão do Bolsa Família. Cada número corresponde à uma data de pagamento, então confira quando você irá receber:

NIS com final 1: 17 de setembro;
NIS com final 2: 20 de setembro;
NIS com final 3: 21 de setembro;
NIS com final 4: 22 de setembro;
NIS com final 5: 23 de setembro;
NIS com final 6: 24 de setembro;
NIS com final 7: 27 de setembro;
NIS com final 8: 28 de setembro;
NIS com final 9: 29 de setembro;
NIS com final 0: 30 de setembro.

Esse público pode utilizar o dinheiro para pagamentos, saques e transferências na mesma data do depósito. Isso pode ser feito através do aplicativo Caixa Tem que oferece várias funcionalidades para que o beneficiário possa movimentar o recurso. 

Calendário para o público geral 
 
Para aqueles que estavam ansiosos para saber quando será paga a 6ª parcela do auxílio emergencial para o público geral, as datas foram anunciadas pela Caixa Econômica Federal e o Governo na quinta-feira, 12.

Neste caso, o pagamento será feito de forma escalonada, conforme o mês de aniversário do beneficiário.  

Confira as datas do depósito do dinheiro na poupança social digital:

21 de setembro: nascidos em janeiro;
22 de setembro: nascidos em fevereiro;
23 de setembro: nascidos em março;
24 de setembro: nascidos em abril;
25 de setembro: nascidos em maio;
26 de setembro: nascidos em junho;
28 de setembro: nascidos em julho;
29 de setembro: nascidos em agosto;
30 de setembro: nascidos em setembro;
01 de outubro: nascidos em outubro;
02 de outubro: nascidos em novembro;
03 de outubro: nascidos em dezembro;

Saque da 6ª parcela

Assim que a Caixa Econômica Federal concluir o depósito dos benefícios, fará a liberação para saque do dinheiro nos terminais de autoatendimento e casas lotéricas, além disso, o cidadão também poderá fazer  transferências dos recursos para contas em qualquer banco, sem custo. Então, veja como ficou o calendário de liberação do dinheiro:

04 de outubro: nascidos em janeiro;
05 de outubro: nascidos em fevereiro e março;
06 de outubro: nascidos em abril;
08 de outubro: nascidos em maio;
11 de outubro: nascidos em junho;
13 de outubro: nascidos em julho;
14 de outubro: nascidos em agosto;
15 de outubro: nascidos em setembro;
18 de outubro: nascidos em outubro;
19 de outubro: nascidos em novembro e dezembro

Valor da 6ª parcela

O valor do benefício será o mesmo dos ciclos de pagamentos feitos anteriormente. Segundo a Caixa Econômica Federal, o valor varia de acordo com a composição da familiar,  ficando da seguinte forma:
  • somente uma pessoa: o benefício é de R$150;
  • com mais de uma pessoa, a família recebe R$250
  • famílias que são chefiadas por mulher sem cônjuge ou companheiro: o valor é de R$375.

Tenho direito?

Mensalmente, a Dataprev e o Ministério da Cidadania realizam uma verificação dos dados dos beneficiários. Então, para saber se você continua elegível ao recebimento, você pode acompanhar a situação da sua 6ª parcela do auxílio emergencial.

Essa informação estará disponível assim que a Caixa Econômica Federal realizar os pagamentos da 5ª parcela.  A consulta é feita através do site da Dataprev ou do Ministério da Cidadania. Para isso, tenha em mãos os seguintes dados:

CPF (Cadastro de Pessoa Física),
Nome completo,
Nome da mãe,
Data de nascimento,

Além de verificar a liberação da parcela, o sistema ainda disponibiliza informações sobre a data de recebimento das parcelas anteriores, além de possibilitar a contestar caso o pagamento seja bloqueado. Todas essas informações também serão enviadas aos beneficiários pela Caixa através do WhatsApp. 

Com informações do site: DCI