sexta-feira, 6 de agosto de 2021

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães anunciou que o Caixa Tem oferecerá crédito de até R$ 3 mil para clientes.


 
Foto: Reprodução
O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou que o aplicativo Caixa Tem ofertará empréstimos em breve. O objetivo é disponibilizar o serviço até o final de 2021, com a proximidade do fim do Auxílio Emergencial. 

De acordo com Guimarães, a proposta é oferecer empréstimos entre R$ 500 e R$ 3 mil. O valor será pré-aprovado dentro do app e contará com parcelas de 18 a 24 meses.

A medida é mais uma forma de estimular a economia frente à atual crise sanitária pela qual o Brasil passa. A pandemia levou a desdobramentos que agravaram as dificuldades existentes na economia.

Ao todo 30 milhões de pessoas devem ser beneficiadas pelo programa de microcrédito. Cidadãos em situação de vulnerabilidade terão condições de requisitar dinheiro também. Beneficiários do Bolsa Família, por exemplo, vão poder solicitar os valores.

Para evitar a inadimplência do consumidor, as quantias foram estipuladas em montantes baixos. Assim, o cliente terá condições de arcar com as parcelas dos empréstimos. Além disso, o cidadão saberá exatamente o valor da parcela que irá pagar.

Auxílio ajudou no acesso a serviços bancários

Um fator que possibilitou a criação da linha de crédito especial foi a “bancarização” do cidadão. Com a distribuição do auxílio emergencial, foi possível inserir 38 milhões de brasileiros no sistema bancário. Anteriormente, esses cidadãos não teriam acesso a crédito junto às instituições financeiras.

Além disso, dentro do Caixa Tem existem mais de 67 milhões de clientes. São ativos que interessam ao banco manter após o recebimento do benefício.

O empréstimo criado pela Caixa será contratado diretamente pelo aplicativo. Não haverá necessidade do cliente se dirigir até uma agência bancária e enfrentar filas, por exemplo. O novo serviço também contará com juros mais baixos que os praticados pelo mercado tradicional.

Dessa forma, a Caixa afirma que a oferta de crédito destinado às pessoas mais necessitadas gera maior movimentação na economia. Diversos brasileiros abriram a primeira conta e tiveram contato com o mundo das finanças.

Vale ressaltar, que essas quantias de menor valor em tempos de pandemia, aquecem a economia local.

Por meio de auxílios e microcrédito, o morador consegue ampliar a renda, ir ao mercado, à feira, ao açougue, à loja da sua cidade, etc.

A linha de microcrédito deve ajudar a manter a renda familiar ativa durante a atual crise sanitária e econômica. Fora isso, o crédito também contribuiu para a criação de negócios próprios. Aplicativo Caixa Tem dará acesso a crédito e serviços bancários

De acordo com Guimarães, fica claro que o app Caixa Tem deverá crescer ao longo do tempo. Somando o canal para recebimento de benefícios e a possibilidade de microcrédito, a ferramenta se torna ainda mais atrativa.

Além disso, através do app também é possível realizar diversas transações bancárias. As funções estão disponíveis, inclusive, em contas na modalidade Poupança Social Digital.

Contudo, os clientes podem esperar mais novidades em breve. A Caixa também deverá oferecer cartões e seguros por meio do aplicativo. A proposta vem para seguir o novo estilo de vida que demanda menos filas, menos aglomeração, mais tecnologia e rapidez.

Com informações do site: redebrasilnews