quinta-feira, 5 de agosto de 2021

Nascidos em agosto podem sacar parte do FGTS ainda em 2021


 
Foto: Reprodução
Desde domingo (1º), os nascidos em agosto podem aderir ao saque-aniversário do FGTS para recebimento em 2021. Esta é uma das formas de antecipar parte do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. A migração para a modalidade é opcional e deve ser feita pelo contribuinte.

Como sacar o FGTS no mês do meu aniversário?
Desde que foi lançado, o saque-aniversário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) tem gerado dúvidas. Afinal de contas, quem pode sacar o dinheiro do Fundo na data do aniversário? Pensando nessa questão, aqui está uma explicação sobre o tema.

Leia também: Caixa deve repassar mais de R$ 5 bi de lucros do FGTS aos trabalhadores

O FGTS é um dinheiro acumulado de acordo com o trabalho de cada brasileiro. Para ter direito a ele é necessário estar empregado com registro em carteira sob as normas trabalhistas. A Consolidação da Leis Trabalhistas (CLT) prevê o pagamento de parcelas direto no FGTS.

Quem faz esses pagamentos é o próprio empregador/empresa. Uma porcentagem do salário bruto do funcionário é destinada ao Fundo. Esse dinheiro fica em uma conta sob a tutela do governo. O montante acumulado serve como garantia.

É possível sacar o FGTS em algumas circunstâncias, como:

Demissão sem justa causa;
Calamidades;
Para compra de imóvel;
Acordos etc.
Saque do FGTS no mês de aniversário
O saque-aniversário é uma das possibilidades de ter acesso ao dinheiro do FGTS. Para isso, o trabalhador deve acessar o aplicativo “Meu FGTS” ou site da Caixa e fazer a opção pela modalidade.

Ao selecionar o saque-aniversário, no entanto, o trabalhador fica impedido de sacar o FGTS pela rescisão. Só após 24 meses (2 anos) é possível retornar ao saque-rescisão.

Como solicitar o saque-aniversário:
O serviço está disponível pelo aplicativo FGTS, no site fgts.caixa.gov.br, no Internet Banking Caixa ou nas agências do banco. A migração não é obrigatória e quem não fizer a opção permanecerá na sistemática do saque-rescisão.

Quem optar pelo saque-aniversário até o último dia do mês de seu aniversário poderá receber o valor no mesmo ano de opção. Portanto, para quem nasceu em julho, ainda dá tempo de receber o pagamento em 2021.

Quando posso sacar meu FGTS na modalidade saque-aniversário?
Os valores do saque-aniversário ficam disponíveis até o último dia útil do segundo mês subsequente ao do cadastramento. Caso o trabalhador não saque o recurso até essa data, ele volta automaticamente para a conta no FGTS.

Qual valor pago pelo saque-aniversário?
Ao fazer a opção pela modalidade, o trabalhador poderá sacar uma porcentagem do FGTS disponível. Além disso, o valor será acrescido de uma parcela adicional, conforme a tabela:
Saldo do FGTS (em R$)

                          

AlíquotaParcela Adicional (em R$)
Até 500,00     

                              

50 %                       0
De 500,01 até 1.000,00 

               

40 %                       50,00
De 1.000,01 até 5.000,00

             

30 %                       150,00
De 5.000,01 até 10.000,0020 %                      650,00
De 10000,01 até 15.000,00

           

15 %                       1.150,00
De 15.000,01 até 20.000,00

          

10 %                       1.900,00
Acima de 20.000,01 

                     

5 %                         2.900,00

Quem tem direito ao saque-aniversário?
Todos os trabalhadores que possuem carteira assinada e tenham saldo positivo no FGTS. Contudo, é preciso fazer a opção do saque, como informado anteriormente.

Vale ressaltar que quando é feita a mudança, o trabalhador não receberá a rescisão do FGTS ao ser demitido. Apenas a multa rescisória continua valendo nesses casos.

Entretanto, é possível voltar ao saque-rescisão após dois anos, ou 24 meses, da mudança. Portanto, a migração para o saque-aniversário surtirá efeito até no 1º dia do 25º mês da solicitação.

Com informações do site: editalconcursosbrasil