terça-feira, 31 de agosto de 2021

Governo de Jair Bolsonaro propõe novo valor do salário mínimo para 2022


 


Foto: Reprodução

Milhões de brasileiros ficam ansiosos a espera do anúncio do valor do salário mínimo para o ano seguinte. Atualmente, o salário mínimo é de R$ 1.100. O novo valor proposto é de apenas R$ 69 a mais. O valor de R$ 1.169 foi enviado ao Congresso Nacional nesta terça-feira (31), último dia para o envio do texto ao Congresso Nacional.

O valor aparece na Lei Orçamentária Anual (LOA) divulgada pelo Ministério da Economia, comandado por Paulo Guedes. O aumento é próximo dos 6,2% e não representa aumento real em relação à inflação. Apesar de baixo, o valor é superior aos R$ 1.147 divulgados em abril.

O salário mínimo interessa especialmente aos beneficiários do INSS. São 24 milhões de pessoas neste grupo. No total, 50 milhões de brasileiros têm como referência o valor do salário mínimo. De acordo com a Constituição Federal, o valor tem que ser, no mínimo, idêntico ao da inflação.

Em 2021, isso não aconteceu. O valor de R$ 1.100 representou aumento de 5,26%. A inflação no país foi de 5,45% no ano passado. Neste cenário, houve perda do poder de compra do brasileiro que recebe o salário mínimo.

Aumento do salário mínimo impacta cofres públicos
Com o novo valor do salário mínimo, a partir de 2022, o impacto no orçamento será de cerca de R$ 22 bilhões. Cada real de elevação no salário mínimo, em 2020, representa despesa extra de R$ 315 milhões. Aposentadorias do INSS e abono salarial não podem ficar abaixo do salário mínimo. O reajuste com novo valor ainda depende de aprovação do Congresso Nacional.

Com informações do site: i7news, Diogo Marcondes