domingo, 22 de agosto de 2021

Golpe do PIX: Confira algumas dicas para não cair


 
Foto: Reprodução
Os golpes através do PIX, ferramenta criada pelo Banco Central em 2020, só tem aumentado no país. O recurso oferece serviços de transferência de renda gratuitos e instantâneos, o que facilita a utilização por criminosos.

Entre diversos casos desse crime, o mais recente aconteceu no município de Santos (SP), em que a vítima idosa e aposentada perdeu cerca de R$ 60 mil.

A srª Inazeli Azevedo, teria recebido ligações de uma suposta funcionária do Banco do Brasil (BB), que a orientou que checasse sua conta em um terminal de autoatendimento e realizasse a troca de senha.

Dicas para não cair no golpe do PIX

Diante os casos recorrentes e o relatado anteriormente, saiba como evitar ser a próxima vítima de golpes similares. 

Confira as dicas a seguir:

Desconfie de links, aplicativos, anexos ou documentos encontrados nas redes de comunicação;
Mantenha-se calmo e atento a informações que recebe. No caso de uma ligação, por exemplo, os golpistas podem se aprovar do pânico momentâneo para aplicar seus golpes;
Guarde suas informações pessoais. Ou seja, não passe os seus dados como RG, CPF e e-mail para qualquer um;
Escolha uma senha forte para evitar que a mesma seja identificada;
Fique atento a informações ou notificações que chegam com facilidade.

O que fazer se cair em um golpe?

Caso, infelizmente, tenha caído em algum golpe do PIX, não se limite ao constrangimento e recorra as autoridades responsáveis. Talvez o responsável seja pego e tenha seu dinheiro restituído.

Além disso, é importante também informar as instituições em que o crime ocorreu e solicitar o cancelamento da chave do PIX. Por fim, redobre sua atenção para as possibilidades, muitas vezes os criminosos se passam por advogados ou policiais e dizem ajuda-los a recuperar o dinheiro perdido.

Com informações do site: Notícias Concursos