segunda-feira, 9 de agosto de 2021

Fui aprovado na seleção do PROUNI e FIES; qual eu devo escolher?


 
Foto: Reprodução

Com benefícios relativamente diferentes, é possível que haja um dilema na escolha entre o Prouni e FIES. Hoje vamos te ajudar nessa escolha apresentando algumas informações importantes sobre os dois programas.Muitos estudantes que fazem o Exame Nacional do Ensino Médio acabam se candidatando em todos os processos seletivos e multas vezes sendo aprovados em vários deles. Então, fica a dúvida: Qual escolher?

PROUNI e FIES, qual escolher?

Se você foi aprovado nos dois, parabéns! Mas a dúvida deve estar pairando sobre sua cabeça, afinal, qual se encaixa melhor no meu perfil?.

Então, antes de tudo uma coisa precisa ficar clara: o Programa Universidade Para todos é voltado à concessão de bolsas de estudos em instituições particulares, você pode inclusive conseguir uma bolsa integral e não pagar nada pelo curso todo.

Por outro lado, o Fundo de Financiamento Estudantil é voltado, como o próprio nome já diz, ao financiamento. Isso quer dizer que você não paga as mensalidades enquanto estuda, mas precisa quitá-las após concluir a formação.

O principal ponto a ser levantado é esse, com o FIES você vai sair do seu curso com uma dívida, com o PROUNI você conclui sem precisar pagar depois.

Vale lembrar que as bolsas do Prouni são parciais (50%) ou integrais (100%). Outra questão é que, no financiamento estudantil a sua renda bruta total mensal familiar não pode ser inferior aos valores da mensalidade do seu curso.

Por exemplo, na PUC-PR a mensalidade do curso de psicologia tem o valor de R$ 2.390,12, com isso, a renda do estudante que vai financiar esse curso tem que ser superior a esse valor.

Além disso, é importante lembrar alguns aspectos dos programas, se você possui nível superior, vai ter que escolher o Fies.

Já que uma das condições para participar do PROUNI é não ter diploma superior. Vale lembrar que a contratação do Fundo de Financiamento Estudantil é um pouco mais demorada, pois, envolve questões bancárias.

Por fim, se você já faz uso de um dos programas e quer realizar a troca, primeiro precisa trancar o curso e só então a matrícula com uso da nova aprovação.


Com informações do site:  fdr