sábado, 7 de agosto de 2021

Está desempregado? Veja dicas para organizar sua vida financeira


 
(Designed by @katemangostar / freepik)
Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que pelo menos 14,8, milhões de pessoas estavam em situação de desemprego até o trimestre que se encerrou em abril. O aumento desse número se deve principalmente, às dificuldades causadas pela pandemia. 

Com isso, os cidadãos também demonstram preocupação com as dívidas que não param de aumentar. Por isso, muitos se veem sem saber o que fazer para resolver essa situação. Então, se você está desempregado esse artigo é pra você. Nele reunimos algumas dicas para te ajudar a não se endividar e sair logo dessa fase com organização e disciplina. Se quer saber como, veja a seguir. 

Dinheiro disponível 

O primeiro passo para saber como está suas finanças é colocar no papel todos os recursos disponíveis. Então, em caso de demissão do trabalho você tem direito às verbas rescisórias, tendo em mãos as férias, 13º proporcional, multa sobre o FGTS e liberação do mesmo (quando não for justa causa).  

Anote também os valores que estão guardados para casos de emergência e o que você receberá de seguro-desemprego, por exemplo. O valor total será sua base financeira até que você encontre outro emprego e volte a ter uma renda fixa. 

Some as contas 

Assim como você fez com os valores disponíveis, faça anotações sobre todos os seus gastos diários e contas fixas. Isso te ajudará a ter controle do que você precisa pagar e o que pode ser enxugado no orçamento. Reúna a família e faça essa análise juntos, para que todos saibam que algumas despesas terão que ser cortadas.

Pesquise 

Antes de sair às compras para adquirir itens necessários para casa e alimentação, faça pesquisas para encontrar os melhores preços. Através de pequenas economias diárias, você irá economizar ao longo do mês e, assim, poderá pagar outras dívidas ou guardar esse dinheiro para emergências.  

Negocie

Se você tinha dívidas anteriores à demissão e, agora, não sabe como irá pagá-las, uma boa forma de resolver essa situação é entrar em contato com os credores e explicar a situação. Veja a possibilidade de fazer uma negociação, levando em conta sua condição de pagamento. Se puder, peça a atualização de valores e faça uma proposta para quitar à vista.

Pague à vista 

Se você não possui uma renda fixa, não é hora de pagar despesas com cartão de crédito. Mesmo que possa parecer a melhor opção agora, no próximo mês pode ser que você não tenha o valor devido para pagar a fatura, por isso, a dívida vai aumentar. 

Lembre-se ainda dos juros do cartão em caso de demora no pagamento, pois isso pode virar uma verdadeira bola de neve. Então, a melhor opção é fazer o pagamento à vista e não ter responsabilidades maiores nos próximos meses.  

Esses dados podem ser organizados em uma planilha ou você pode utilizar aplicativos que auxiliam na organização do orçamento familiar. 

Venda de bens 

Os ítens que estão parados em casa, podem ser uma forma de obter dinheiro rápido. Com isso, você pode se desfazer de um produto que não usa mais, para pagar as dívidas que estão se acumulando. Neste momento, muitas pessoas decidem se desfazer de um veículo, por exemplo, para colocar as contas em dia. Isso também garante que seu nome fique sem restrições que podem te impossibilitar de conseguir adquirir outro veículo futuramente. 

Economize 

Ao ver uma grande quantia de dinheiro que é recebida pela verba rescisória, muitos trabalhadores acabam gastando mais do que deveriam. Mas, se você não tem nenhuma outra oportunidade de emprego em vista, é preciso economizar esse dinheiro é o seu único recurso para pagar as contas fixas. Esta também não é considerada uma boa hora de fazer investimentos.  

Seguro prestamista

O seguro prestamista garante a quitação de dívidas em caso de desemprego involuntário (sem justa causa). Geralmente são oferecidos por meio de produtos bancários, e é utilizado para cobrir empréstimos, dívidas no cartão de crédito, prestações de consórcio e financiamento de bens. Isso pode te ajudar a organizar a sua vida financeira. 

Saúde financeira 

Depois dessa fase, lembre-se sempre de fazer uma reserva financeira para te ajudar em momentos de crise. Então, quando conseguir um novo emprego e puder contar com uma renda fixa, se empenhe em poupar para manter garantir que em outro momento de dificuldade você terá tudo sob controle. 

Dizer que inglês na carreira profissional é indispensável já não é novidade,
outras formas são abrir seu próprio negócio, prestar consultoria, trabalhar
como freelancer, entre outras, ou seja, o inglês na carreira profissional abre
portas.

Para aprender inglês e saber como agir no ambiente empresarial, o inglês essencial pode ajudar.

Call action: Clique aqui para saber mais informações e dar um salto em sua carreira.

Por Samara Arruda 

Com informações do site: JORNAL CONTABIL