quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Como sacar o Seguro-Desemprego pelo aplicativo Caixa Tem?


 


Foto: Reprodução
O trabalhador que faz o requerimento do Seguro-Desemprego e não informa a conta bancária, não precisa se preocupar. Isso porque, desde outubro de 2020, o Governo Federal passou a disponibilizar o valor do benefício através de uma conta poupança social digital. 

A abertura da conta acontece de forma automática. Dessa maneira, para ter acesso ao dinheiro, o trabalhador precisa usar o app Caixa Tem em seu celular. Ele permite a realização de compras em supermercados, em farmácias e em outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code. Confira abaixo como sacar o valor do Seguro-Desemprego através do app.

Esse benefício é um direito do trabalhador brasileiro, pago pela Caixa Econômica Federal. O Seguro-Desemprego disponibiliza dinheiro por um período de 3 a 5 meses. O pagamento ocorre de forma contínua ou alternada, de acordo com o tempo que a pessoa trabalhou.

Como sacar o benefício pelo Caixa Tem?

Em suma, a conta digital do Caixa Tem não tem cartão. Dessa forma, o usuário precisa acessar o app Caixa Tem, para liberar o código de resgate do dinheiro. Confira abaixo, o passo a passo para sacar o Seguro-Desemprego:

1.Abra o app Caixa Tem (Android | iOS);
2.Em seguida, selecione a opção “Saque sem cartão”;
3.Logo após, clique em “Entrar”;
4.Depois disso, selecione a opção “Saque Seguro-desemprego”;
5.Em seguida, toque em “Gerar Código para Saque”;
6.Logo após, digite a sua senha para ter acesso ao Caixa Tem;
7.Depois disso, o sistema vai gerar um código autorizador para o saque nos caixas eletrônicos e nas casas lotéricas do Seguro-Desemprego. Anote esse número;
8.Por fim, vá até o caixa eletrônico, insira o código autorizador no campo específico; ou na lotérica, informe o número para o atendente.

Pronto! Agora você sabe como sacar o seu Seguro-Desemprego através do app Caixa Tem. Mas lembre-se: o código emitido tem validade de 2 horas. Se passar desse período, é necessário gerar o código novamente.

Com informações do site: Seu crédito digital