sexta-feira, 6 de agosto de 2021

CIEDS e WhatsApp promovem programa de capacitação gratuita para empreendedores de periferias


 
Foto: Reprodução

Como forma de apoiar a retomada econômica de um dos grupos mais afetados pela pandemia no Brasil, o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS) e o WhatsApp criaram o Conecta+ Brasil. A parceria inédita tem como objetivo apoiar profissionais, formais e informais, principalmente de favelas e periferias, com capacitação exclusiva sobre empreendedorismo, boas práticas, e ferramentas disponíveis gratuitamente no aplicativo WhatsApp Business, versão para negócios do WhatsApp.
O Conecta+ Brasil pretende atingir cerca de 10 mil empreendedores em todo o país. As inscrições estarão abertas até o dia 20 deste mês para todo o Brasil.

“Num momento em que já se discute sobre o pós-pandemia, é muito importante levarmos em consideração os mais afetados pela crise. O Conecta+ Brasil tem isso como objetivo, capacitar trabalhadores de todos os tipos, para que eles também sejam protagonistas nessa fase de retomada”, comenta Vandré Brilhante, presidente do CIEDS.

“Acreditamos que o empreendedorismo vai além de abrir um negócio, tem também o potencial de ser um forte agente de mudança”, completa.

Além da capacitação sobre as ferramentas do WhatsApp Business, os participantes terão acesso a conteúdos exclusivos voltados para o cenário empreendedor, como inovação, criatividade, finanças pessoais e finanças para negócios, para que tenham melhor desenvolvimento profissional. Além dos conteúdos disponíveis, os empreendedores terão oficinas ao vivo.

“Além de fornecer a plataforma, estamos focados em encontrar maneiras de capacitar esses profissionais para fazerem um melhor proveito dela”, comenta o diretor de Políticas Públicas para o WhatsApp Brasil, Dario Durigan. “É preciso pensar em diversas alternativas para o cenário atual, de forma a apoiar e empoderar os empreendedores brasileiros”, completa o executivo.

Ao final, os participantes terão a oportunidade de fazer parte de uma rede nacional do Conecta+ Brasil, com formação continuada e intercâmbio de conhecimento, assim como concorrer a uma certificação especial. Para mais informações, acesse o site

Com informações do site: O DIA