quarta-feira, 14 de julho de 2021

Trabalhadores podem receber PIS/Pasep dobrado em 2022


 
Foto: Reprodução

O abono salarial do PIS/Pasep destinado aos trabalhadores que exerceram atividade remunerada por pelo menos 30 dias em 2020 deveriam começar a receber o benefício a partir deste mês de julho. Contudo, após uma mudança os trabalhadores terão que esperar pelo menos até fevereiro do ano que vem para terem acesso aos valores.

O cronograma de pagamentos do abono salarial de 2020, seria pago entre os meses de julho de 2021 a junho de 2022, no entanto, a nova previsão é de que o pagamento do abono ocorra integralmente a todos os beneficiários no ano que vem.

Adiamento do PIS/Pasep

A decisão para o adiamento do abono salarial veio por meio de recomendação da Controladoria-Geral da União ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) que em reunião com representantes dos trabalhadores, empresas e governo, decidiu de maneira unanime em adiar o pagamento do benefício este ano.

A transição do abono salarial para o próximo ano, não mudará às regras de concessão do benefício, ou seja, basta que o trabalhador tenha exercido atividade formal por pelo menos 30 dias em 2020 para ter acesso ao benefício.

Além disso, para ter acesso ao abono é necessário estar inscrito no PIS a pelo menos cinco anos, bem como ter recebido em média até dois salários mínimos no ano de 2020. Caso atenda a todos estes requisitos o trabalhador terá acesso ao abono.

Vale lembrar que quando falamos em PIS/Pasep, o abono PIS é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e o abono Pasep aos servidores públicos.

Trabalhadores vão receber dobrado?

Muitos trabalhadores se questionam sobre o pagamento dobrado do abono salarial em 2022, isso porque o cronograma de pagamentos do abono 2020 que seria pago este ano foi prorrogado para o ano que vem, assim como o pagamento do abono salarial referente a 2021 também estava previsto para começar em 2022.

Ainda não se sabe ao acerto como ocorrerá com o pagamento do abono salarial referente ao exercício do trabalho em 2021, acredita-se que o abono também possa ser liberado no ano que vem.

Ainda conforme declaração de membros do governo, o adiamento do abono salarial não deve representar qualquer tipo de perda aos trabalhadores, então, será necessário aguardar a confirmação do governo para saber se de fato os trabalhadores vão receber dois saques do PIS/Pasep em 2022.


Com informações do site:  jornalcontabil