terça-feira, 13 de julho de 2021

Prova de vida será exigida de quem se Aposentou neste ano?


 
Foto: Reprodução
Prova de vida será exigida de quem se Aposentou neste ano? Internauta começou a receber o benefício em março deste ano e está na dúvida se corre o risco de perder o pagamento. Sophia, comecei a receber aposentadoria em março deste ano e estou na dúvida se preciso fazer prova de vida. Se não fizer, já corro o risco de ficar sem o pagamento do INSS? Resposta: Não precisa.

Segundo o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), a prova de vida só precisa ser feita um ano a partir do primeiro pagamento do benefício. Depois disso, a prova de vida deve ser feita a cada 12 meses.

A prova de vida voltou a ser obrigatória desde o dia 1º de junho para aposentados e pensionistas do INSS. Alguns segurados e pensionistas que cadastraram a biometria para CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou título de eleitor poderão fazer a confirmação de forma digital diretamente de casa.

Eles foram selecionados pelo INSS para participar do projeto piloto de prova de vida digital pelo aplicativo gov.br. Alguns bancos também permitem o reconhecimento remoto em seus aplicativos.

Desde 1º de julho o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) voltou a exigir a prova de vida para aposentados e pensionistas, suspensa a partir de março de 2020, em razão da pandemia de covid-19. O procedimento é necessário para evitar a suspensão do pagamento. O segurado tem até seis meses para efetua-lo para não ter seu benefício bloqueado. Clique nas imagens acima e veja o passo a passo para fazer a prova de vida presencial, digital (para cadastrados no projeto piloto) ou em casa (no caso de o segurado der problemas de mobilidade).

Tradicionalmente o aposentado ou pensionista faz a prova de vida no banco no qual recebe o benefício. Basta comparecer à agência com o CPF, um documento com foto e o cartão do benefício. No caso dos segurados tiverem a biometria bancária cadastrada é possível usar qualquer caixa eletrônico para realizar o procedimento.

O INSS convocou alguns aposentados e pensionistas para participarem de um projeto-piloto e fazer a prova de vida por biometria facial via aplicativo Meu gov.br. São segurados que cadastraram a biometria para CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou título de eleitor. O grupo vem sendo informado pelo Meu INSS ou por mensagem no celular enviada exclusivamente pelo número 280-41. Atenção: o INSS nunca pede informações pessoais dos segurados, como números de documentos. Alguns bancos também permitem o reconhecimento remoto em seus aplicativos. Servidores públicos federais também têm direito.

Aposentados ou pensionistas com 80 anos ou mais ou que tenha alguma dificuldade de locomoção podem buscar ainda e agendar a visita de um servidor do INSS. No caso de problemas de mobilidade é preciso comprovar essa condição de saúde por documento médico. O agendamento pode ser feito na central 135 ou pelo Meu INSS (é preciso cadastrar usuário e senha). Depois de entrar no Meu INSS, acesse a opção Prova de Vida e depois ‘Solicitar Prova de Vida – Dificuldade de Locomoção – Atendimento a distância’. Ao avançar na solicitação, é preciso anexar o laudo que comprove a sua dificuldade de locomoção. O arquivo não pode ultrapassar 50MB. Atenção: é obrigatório apresentar documento que comprove a dificuldade de locomoção. Portanto, guarde o laudo original para apresentá-lo ao servidor do INSS, no dia da visita em que será realizada a prova de vida.

Segundo o instituto, dos 36 milhões de segurados, 25 milhões já haviam feito o procedimento até o fim de abril, ou seja, faltavam ainda cerca de 11 milhões de pessoas.  O INSS divulgou calendário com as datas de acordo com o vencimento do ano passado. Neste mês de junho, é para segurados que tiveram vencimento em março e abril de 2020. Confira as datas acima para não perder o prazo e ter o benefício suspenso

QUEM ESTÁ OBRIGADO A FAZER A PROVA DE VIDA?
O procedimento é obrigatório para todos que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético.

POR QUE A PROVA DE VIDA É OBRIGATÓRIA?
O objetivo é evitar fraudes e pagamento de benefícios indevidos.

O QUE ACONTECE COM QUEM NÃO FAZ A PROVA DE VIDA?
Quem não faz a prova de vida pode ter o benefício bloqueado. Fonte: R7

Com informações do site: mixvale