quinta-feira, 29 de julho de 2021

Ministro da Economia Paulo Guedes anuncia criação do Ministério do Emprego e Previdência.


 
Foto: Reprodução
O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta quarta-feira, 21, que a pasta está passando por uma "mudança de estrutura". O presidente Jair Bolsonaro já havia solicitado a elaboração de uma minuta de medida provisória para recriar o Ministério do Trabalho.

A pasta será chamada de Ministério do Trabalho e Previdência Social e deixará a estrutura da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, atualmente chefiada por Bruno Bianco. Segundo Guedes, o objetivo do retorno é "acelerar o ritmo de geração de empregos no Brasil".

"Temos notícias chegando. Notícias até em nossa organização estrutural. Vamos fazer uma mudança organizacional aqui também [no Ministério da Economia]. Essas novidades estão justamente na direção do emprego e da renda e vamos acelerar o ritmo de criação de empregos, inclusive com uma reorganização do nosso interno. São notícias que o presidente deve trazer rapidamente", disse durante transmissão ao vivo com representantes da Receita Federal.

Alterações

Bolsonaro admitiu no início desta semana que está articulando uma pequena reforma ministerial. Entre as mudanças, está a entrada do senador Ciro Nogueira (PP-PI) com ministro-chefe da Casa Civil.

O general Luiz Eduardo Ramos, atual comandante da pasta, será transferido para a Secretaria-Geral da Presidência da República, agora chefiada por Onyx Lorenzoni. Lorenzoni será transferido para o novo Ministério do Trabalho e Previdência Social.

Com informações do site: redebrasilnews