sábado, 10 de julho de 2021

Inscrições do ENEM 2021 terminam na quarta-feira (14); garanta seu lugar


 
Foto: Reprodução

Nesta quarta-feira (14), terminam as inscrições para os estudantes interessados em realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Nesta edição, tanto a versão impressa quanto a digital serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembr. E terão os mesmos conteúdos nas provas.

No período da inscrição, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, também receberá as solicitações de atendimento especializado. Já os pedidos de tratamento pelo nome social deveriam ser feitos a partir de 19 de julho.

Quem pode pedir isenção?

Pelo edital, poderiam pedir isenção da taxa os candidatos:

matriculados no último ano do ensino médio na rede pública em 2021;
alunos que cursaram o ensino médio inteiro em escolas públicas ou como bolsistas integrais em instituições privadas (com renda mensal familiar per capita de até 1,5 salário mínimo);
pessoas em vulnerabilidade econômica inscritas no CadÚnico.

Como fazer as inscrições?

Para fazer a inscrição, o participante deverá acessar a página do Enem. E então. informar o número do seu CPF e a sua data de nascimento, é preciso selecionar a modalidade que deseja realizar (impressa ou digital). 

Os dados devem ser iguais aos cadastrados na Receita Federal, para não inviabilizar a correspondência entre as informações.

O Inep não aceita inscrição com CPF em situação irregular na Receita Federal. E o custo da taxa de inscrição do Enem é de R$ 85.

Mudanças no ENEM

Neste ano, as provas impressas e digitais serão iguais, com itens iguais, aplicadas nas mesmas datas.

As provas digitais serão exclusivas para quem já concluiu o ensino médio ou para aqueles que estão concluindo em 2021. Assim, participantes que desejarem fazer o exame como treineiros, que é uma forma de autoavaliação, deverão se inscrever para o Enem impresso.

Enem Digital

Serão disponibilizadas 101.100 inscrições para os primeiros participantes que optarem pelo Enem 2021 Digital, conforme distribuição das vagas previstas no anexo I do Edital no 29 de 1º de junho de 2021.

Como funciona o ENEM Digital?

A prova é na versão para computador do Exame Nacional do Ensino Médio implementada pelo Ministério da Educação em 2019, a primeira edição aconteceu na edição de 2020.

Segundo o MEC, a intenção é que a versão digital da prova, aplicada pela segunda vez este ano, substitua completamente o exame tradicional até o ano de  2026.

A prova possui locais de aplicação e devem ser preenchidas as vagas, que neste ano até pessoas com deficiência foram incluídas.
Com informações do site: FDR.