quinta-feira, 15 de julho de 2021

Conta digital para pagamento do benefício Bolsa Família


 
(Foto: Reprodução)
Conta digital para pagamento do benefício Bolsa Família Desde dezembro de 2020 está ocorrendo, de forma gradativa, o cadastramento de mais de 9 milhões de beneficiários do Bolsa Família no sistema bancário. Antes, nenhum deles tinha conta em instituições do sistema financeiro. Até março deste ano, todos os que recebem o benefício terão uma conta social digital da Caixa Econômica Federal. “A Poupança Social Digital é uma iniciativa importante do Ministério da Cidadania, que promoverá a maior inclusão bancária da história do Bolsa Família”, afirmou a secretária Nacional de Renda de Cidadania, do Ministério da Cidadania, Fabiana Rodopoulos.

Na primeira etapa do cadastramento, em dezembro de 2020, foram abertas 1,5 milhão de contas sociais, para quem possuía NIS com término 9 e 0, seguindo a data de crédito regular do programa. Em janeiro de 2021, mais 2,2 milhões de famílias receberão os recursos com os serviços da Conta Poupança Social Digital.

A abertura das contas digitais ocorre de forma automática pela Caixa, sem que o beneficiário precise levar documentos às agências. Segundo Fabiana Rodopoulos, a iniciativa permitirá que as pessoas tenham mais opções para utilizarem o valor do benefício. “Com a conta aberta, você não precisa sacar totalmente o dinheiro. Pode sacar de forma escalonada, utilizar o cartão para contas de débito e para pagamentos. É mais um benefício colocado para as famílias do programa.”

Além de movimentar o benefício pelo aplicativo de celular, os beneficiários poderão continuar sacando os recursos também por meio do Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão. Neste mês de janeiro, 14,23 milhões de famílias foram beneficiadas com o Bolsa Família, um orçamento de R$ 2,7 bilhões do Governo Federal.

COMO MOVIMENTAR A CONTA NO BOLSA FAMÍLIA

A Conta Poupança Social Digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil. Para utilizá-la, não é preciso gerar nova senha. O beneficiário poderá usar a mesma senha do cartão social.

Assim, após o crédito dos valores, é possível fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code, por meio de mais de 9 milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil. O beneficiário também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo aplicativo ou nas casas lotéricas por meio da opção “Pagar na Lotérica” do Caixa Tem, além de fazer saques da conta com o cartão do programa Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

A poupança social digital foi criada, inicialmente, para pagamento do Auxílio Emergencial e, em outubro, o Presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que transformou a conta em permanente, com o objetivo de permitir que as famílias de baixa renda tenham acesso ao sistema bancário de forma simplificada e sem custos.

Com informações do site: MIXVALE