segunda-feira, 26 de julho de 2021

Caixa Tem vai liberar empréstimo e cartão de crédito


 
Foto: Reprodução
O aplicativo Caixa Tem foi criado pela Caixa Econômica Federal com o objetivo de concentrar os pagamentos do auxílio emergencial em um só lugar, facilitando o acesso de todos os brasileiros a serviços e transações bancárias de sua conta Poupança Digital Social.

O Caixa Tem é um dos aplicativos de finanças mais acessíveis do mercado. Simples e intuitivo, o app é compatível com praticamente todas as redes e aparelhos celulares e pode ser baixado gratuitamente. A tecnologia também é acessível para o público de Pessoas com Deficiência (PcD).

O app já possui algumas das funções mais requisitadas, como pagamento de boletos, transferências, consultar saldos e extratos, além de compras na internet utilizando o cartão de débito virtual, gerado gratuitamente no próprio aplicativo. Agora o app passará a contar com novos serviços.

Ainda sem previsão de lançamento, o Caixa Tem disponibilizará novas aplicações, entre elas, a principal é a liberação do cartão de crédito, já que atualmente só a função de débito está disponível. Além disso, o aplicativo vai passar a oferecer acesso a solicitação de microcrédito em empréstimos e seguros de valores variados.

Como funciona o aplictivo Caixa Tem
O aplicativo pode ser baixado através da loja online do celular, disponível tanto para Android quanto para IOS. Atualmente o aplicativo tem acesso limitado para beneficiários do Auxílio Emergencial, Saque Emergencial do FGTS, Auxílio Bem e Bolsa Família e Abono Salarial do PIS.

O acesso é feito com o seu CPF e uma senha numérica que você irá cadastrar na primeira vez que usar o app. Neste primeiro acesso, você receberá um código em uma mensagem SMS para confirmar sua identificação no aplicativo, após isso, basta informar o número do seu telefone e depois digitar o código recebido dentro do Caixa Tem. Após esses passos cumpridos, o acesso ao aplicativo já estará disponível.

Vale ressaltar que a Caixa Econômica Federal pretende manter o Caixa Tem em atividade mesmo depois da pandemia ser controlada e o Auxílio Emergencial parar de ser pago aos beneficiários. O app já registra mais de 90 milhões de contas abertas, o que motivou a Caixa a torná-lo permanente.

Mais informações sobre o auxílio emergencial
O Auxílio Emergencial foi criado em 2020 pelo Governo Federal para atender famílias vulneráveis afetadas pela pandemia de Covid-19. Inicialmente foram oferecidas cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil no caso de mães solteiras chefes de família. Logo após, o programa foi estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Em 2021, o benefício foi definido inicialmente em 4 parcelas. Os valores foram alterados para R$150 para quem mora sozinho, R$250 para famílias e R$375 para mães que criam os filhos sozinhas. Estes valores permanecem iguais nas 3 parcelas do Auxílio Emergencial prorrogadas até outubro pelo Governo Federal.

Vale lembrar que não é possível mais realizar inscrições para receber o Auxílio Emergencial, já que elas foram encerradas ano passado. O governo optou por reavaliar todos os beneficiários aprovados para o auxílio, verificando se estão aptos a receber o benefício em 2021, de acordo com as novas regras.

A principal regra que não sofreu alteração em relação ao ano anterior, foi a de que o benefício será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos através do aplicativo Caixa Tem, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. Todos que tiveram o pagamento do Auxílio Emergencial cancelado em 2020, não têm o direito de recebê-lo este ano.

Com informações do site: noticias concursos