sábado, 10 de julho de 2021

Auxílio emergencial: mulher é acusada de desviar R$ 1 milhão


 
Foto: Reprodução
Uma quadrilha de estelionatários pode ter desviado mais de R$ 1 milhão referentes ao auxílio emergencial. Foi o que conclui a Polícia Civil do Ceará nesta semana. Entenda abaixo se você pode ter sido vítima do golpe do auxílio ou não.

Uma mulher que trabalhava na casa lotérica estava envolvida no esquema e foi presa nesta quarta-feira (07). Ela atuava como intermediária dos golpes.

Veja abaixo como ela participava e como agiam os criminosos que desviaram dinheiro do auxílio emergencial.

Golpes podem ter deixado no prejuízo diversos beneficiários em estado de pobreza ou extrema pobreza.

Como agiam os criminosos nos golpes do auxílio emergencial
Para conseguir de fato sacar o dinheiro dos beneficiários a mulher primeiro trocava a senha de acesso de beneficiários do auxílio emergencial.

Para isso, ela enviava falsas mensagens por meio do SMS pedindo o CPF e a senha para recadastramento.

Em posse dessas informações, a criminosa alterava as senhas e passava os dados para os comparas.

Com as novas senhas a quadrilha que recebia as informações sacavam o dinheiro da conta e deixavam os verdadeiros beneficiários sem qualquer quantia.

Como o esquema foi descoberto?
O esquema da quadrilha foi descoberto após uma suspeita levantada devido a um grande volume de troca de senhas do auxílio emergencial, em um mesmo caixa de atendimento da lotérica. Quem atendia no local era a funcionária envolvida nos crimes.

A mulher está sendo acusada até agora por estelionato, falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistemas de informações.

Quantas beneficiários cariam no golpe do auxílio emergencial?
Até onde se sabe foram feitas mais de 150 vítimas em 8 estados. Entre eles:

Rio de Janeiro
São Paulo;
Bahia;
Pernambuco;
Goiás;
Paraná;
Distrito Federal.
O que fazer se fui vítima do golpe?
Caso você suspeite que foi vítima do golpe do auxílio emergencial (conforme descrição acima), a Caixa Econômica Federal orienta que vá até ima agência para contestar a quantia sacada.

Se de fato por comprovado que você foi uma das vítimas do crime que envolve o auxílio emergencial, você poderá ter o seu dinheiro reembolsado integralmente.

“Sobre o caso citado, esclarecemos que a Caixa coopera integralmente com as autoridades competentes”, disse ao G1.

” A Caixa não envia links ou pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp”, diz a instituição em seu site.

Para não cair em golpes, fique atento as recomendações e não informe suas senhas.


Com informações do site: noticiasconcursos