sexta-feira, 18 de junho de 2021

Operação aponta corrupção e falsificação de documentos para facilitar transporte de bovinos


 



A Polícia Civil deflagrou a Operação Hematófagos contra a corrupção e falsificação de documentos.

As investigações apontam que funcionários da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) falsificaram documentos para facilitar a entrada e saída de bovinos no estado.

São cumpridos mandados de buscas e ordens de afastamento da função a servidores da Idaron nos municípios de Jaru, Theobroma e Porto Velho.

O nome da operação faz referências às características dos “pequenos aracnídeos parasitas” que se alimentam de sangue de outros animais. Assim como, os agentes supostamente enriqueciam indevidamente às custas dos crimes contra a administração pública.

A ação conta com apoio da Delegacia Especializada a Furtos e Patrimônios (Derf) de Ji-Paraná, da Delegacia Regional de Vilhena e ainda da Corregedoria da Idaron.

O jornal entrou em contato com a Idaron e, até a última atualização desta reportagem, não obteve resposta sobre quantos funcionários estariam supostamente envolvidos no esquema.


Com informações do site: jhnoticias