domingo, 27 de junho de 2021

Governo do AM pode gastar R$ 35 mi com aluguel de telão de led e sonorização


 
O Amazonas tenta se recuperar pós-pandemia de Covid-19 que afetou diversos setores públicos, principalmente a saúde que foi alvo incessante de investigações do Ministério Público, Polícia Federal, Justiça Federal, Procuradoria Geral da República, e de Poderes Legislativos, como a Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, e agora, o Senado Federal com a CPI da Pandemia. Porém, o Governo do Amazonas continua gastando recursos públicos, apesar de ainda existirem restrições de distanciamento social, firmou dois contratos que somam R$ 35 milhões para locação de sonorização e locação de equipamento de projeção de led.

Som

Na edição da última segunda-feira (21), no Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOE-AM), o Governo do Amazonas por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) publicou o resultado do Pregão Presencial nº 007/2021 para futura contratação de “empresa especializada em serviços de locação de equipamentos de sonorização para atender os programas institucionais da ADS, e/ou eventos voltados ao setor primário”, diz. De acordo com a publicação, várias empresas venceram o certame que tem o valor global superior a R$ 29 milhões e com a duração de 12 meses.

Projeção

Na mesma publicação, foi possível localizar mais um contrato realizado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS). O Pregão Presencial nº 008/2021 é para “futura contratação de empresa especializada em serviços de locação de equipamentos de projeção e painéis de Led para atender os programas institucionais da ADS”, cita o documento. O contrato para a locação dos equipamentos custará aos cofres públicos mais de R$ 4,9 milhões, pelo prazo de doze meses.

Prioridades

Enquanto o Governo do Amazonas através da ADS gasta quase R$ 35 milhões em contratos para locação de equipamento de sonorização e painel de Led, o Estado enfrenta os efeitos negativos da pandemia de Covid-19 e também, a maior cheia amazônica já registrada. Até agora, mesmo após decisões judiciais, o Governo não conseguiu comprar nenhuma vacina contra Covid-19. Todas as vacinas aplicadas, estão sendo enviadas pelo Governo Federal.

Denúncia

Em novembro do ano passado, esta coluna denunciou outro contrato escandaloso do ADS. Na época, o Governo do Amazonas estava promovendo um Pregão Presencial para futura contratação de empresas especializadas em locação de tendas para atender necessidades das feiras de produtos regionais e demais eventos apoiados. O custo do aluguel das estruturas mencionadas no edital da ADS, ultrapassa R$ 30 milhões para locação da estrutura de pavilhões e tenda tipo pirâmide. Para locação dos climatizadores, o valor gasto somou R$ 3 milhões e aluguel de banheiro químico, chegou a R$ 1 milhão.

Com informações do site: D24am