sexta-feira, 25 de junho de 2021

Em nova fase, Bolsa Família deve pagar R$ 284 a 17 milhões de brasileiros



Foto: Reprodução
Informações sobre reformulação do programa foram divulgadas pelo jornalista Lauro Jardim, do Globo.

Diferente dos R$ 300 anteriormente previstos, o Bolsa Família deve ficar em R$ 284 após a reformulação prevista para o segundo semestre deste ano. De acordo com o jornalista Lauro Jardim, colunista do jornal o Globo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) enxerga na ampliação do programa um norte para aumentar sua popularidade, de olho na corrida presidencial de 2022.

Hoje, o Bolsa Família atende cerca de 14,7 milhões de brasileiros. O objetivo da equipe econômica liderada por Paulo Guedes é ampliar o número para 17 milhões. O critério para chegar ao número seria a redução da faixa de renda necessária para se encaixar nos critérios de elegibilidade do cartão.

O colunista adiantou, ainda, que Bolsonaro virá a público “nos próximos dias” e anunciará as mudanças pessoalmente. Outro ponto de destaque é que o programa deixará de se chamar Bolsa Família (que apesar de ter sido criado no governo Fernando Henrique Cardoso tem uma imagem bastante ligada do Partido dos Trabalhadores (PT), que o ampliou durante o governo Lula). “Renda Brasil” é o nome mais cotado para a substituição.