segunda-feira, 28 de junho de 2021

Crédito Nubank: Limite alto no empréstimo e baixo no cartão? Entenda porque isso acontece


 
O Nubank é uma das fintechs que mais apresenta crescimento no Brasil. A empresa, que oferece serviços financeiros de maneira totalmente digital, vem crescendo exponencialmente no mercado financeiro brasileiro desde a sua fundação, no ano de 2013.

Ao longo desse período, o Nubank já conseguiu agregar mais de 40 milhões de clientes, sendo mais da metade desses os que utilizam o cartão de crédito emitido pela fintech, que não possui cobrança de anuidade e é popularmente conhecido como “roxinho”.

Acredita-se que a fintech apresentou esse crescimento rápido por causa da oferta de serviços e produtos muito mais simplificados e transparentes.

O Nubank oferece não só um cartão de crédito sem anuidade, mas também conta digital gratuita, empréstimo pessoal, seguros e outros produtos, que podem ser contratados de maneira totalmente online, sem complicações e sem burocracias, através do aplicativo da instituição, disponível para download nas lojas de apps de smartphones.

Por mais que a instituição ofereça tantos serviços vantajosos, uma coisa que incomoda a muitos clientes é o baixo valor no limite do cartão de crédito do Nubank.

Isso porque o limite do crédito pré-aprovado para o empréstimo pessoal é muito mais alto do que o limite do cartão de crédito. Por exemplo, pessoas que possuem um limite de R$ 600 no cartão de crédito, conseguiram pré-aprovação de até R$ 40 mil de empréstimo pessoal.

Muitas pessoas ficam com dúvidas sobre o porquê de isso acontecer e o Nubank fez questão de esclarecer a questão.

Limites Nubank

Quando foi questionado a respeito dessa diferenciação entre o crédito pré-aprovado para o empréstimo e o limite do cartão de crédito, a fintech informou que quando um cliente realiza a solicitação de um serviço de crédito, é realizada uma análise de crédito do seu perfil, a fim de conhecer os hábitos financeiros do cliente.

A partir dessa análise, o Nubank consegue chegar a uma oferta de crédito que faça sentido tanto para a fintech, garantindo que não irá comprometer a segurança da empresa, ao mesmo tempo que possibilita um maior poder aquisitivo ao cliente.

Entretanto, o Nubank ainda afirmou que a forma de realizar a análise de crédito para aprovação do empréstimo e do cartão, são diferentes, portanto podem acontecer essas grandes diferenciações.

Além disso, a fintech ainda ressaltou que a empresa leva em consideração a margem de lucro que o oferecimento do serviço trará para ela. O cartão de crédito oferece ganhos mais baixos para a empresa, enquanto o empréstimo pessoal oferece uma taxa de juros muito mais altos.

Com informações do site: Edital Concursos