sábado, 5 de junho de 2021

Como funciona o Crédito Imobiliário Poupança da Caixa?


 
Foto: Reprodução

Comprar um imóvel é uma das decisões mais importantes na vida de grande parte dos brasileiros. E desde o início de 2020, a intenção de compra da casa própria tem crescido exponencialmente. Um dos principais motivos para isso foi o aumento de mais de 23% no IGP-M, ou índice geral de preços  do mercado. Em resumo, ele calcula o reajuste dos contratos de aluguel, o que faz muita gente repensar e investir esse valor em uma parcela de financiamento da casa própria. Pensando nisso, a Caixa criou o Crédito Imobiliário Poupança.

Como funciona o Crédito Imobiliário Poupança CAIXA?
A nova modalidade da Caixa está disponível desde o início do mês de maio, e oferece uma taxa de juros bastante atrativa, que varia de acordo com o rendimento da poupança. Ou seja, é uma opção de crédito diferenciada e acessível tanto para comprar imóveis novos e usados quanto para construir ou reformar um.

Com o aumento de seu portfólio, a ideia da Caixa é aumentar sua capacidade de viabilizar soluções de moradia ao oferecer para os brasileiros condições cada vez mais melhores e mais diversificadas para, assim, se adequar ao seu perfil. Mas, quais as vantagens desse crédito imobiliário poupança da Caixa? Vejamos a seguir.

Benefícios do novo crédito imobiliário da Caixa
De acordo com o banco, essa nova modalidade de crédito tem como principal característica uma taxa de juros vantajosa, que acompanha o rendimento da Poupança (sempre tendo como referência a taxa Selic), acrescida de uma taxa fixa, que varia entre 3,35% e 3,99% ao ano, dependendo do relacionamento com o banco.

Veja como a variação é calculada:

70% da SELIC, quando a taxa SELIC for igual ou menor que 8,5% a.a (atualmente, 1,93% a.a, para a SELIC de 2,75% a.a);
6,17% ao ano, quando a taxa SELIC for superior a 8,5% a.a.

É preciso dizer que, caso a taxa Selic suba (o que é uma projeção), essa linha de crédito tem um teto, uma taxa máxima de 10,16% ao ano (6,17% da poupança + 3,99% da parte fixa). Ou seja, mesmo que a taxa aumente, a linha corrigida pela poupança ainda segue sendo vantajosa.

Além disso, a quota de financiamento é de até 80% do valor do imóvel, sendo a entrada mínima de 20%. O valor mínimo para este financiamento é de R$ 50.000,00 e o prazo de pagamento é de até 35 anos. Para saber mais sobre o crédito imobiliário da Caixa, acesse a página do serviço e faça uma simulação.

Com informações do site: Seu Crédito Digital.