quinta-feira, 17 de junho de 2021

BNDES disponibiliza empréstimos de até R$ 21 mil para MEI



Foto: Reprodução
O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) oferece uma nova exclusividade para Microempreendedor Individual (MEI). Uma linha de crédito específica para esse público foi criada: o microempreendedor conta agora com possibilidade de empréstimo de até R$ 21 mil com taxas de juros máxima de 4% ao mês.

A linha de microcrédito foi criada para possibilitar a expansão do negócio. Viabiliza também adquirir novos equipamentos, comprar matéria-prima, fortalecer o capital de giro e muito mais. Tudo isso destinado exclusivamente ao empresário de pequeno porte.

Quem tem direito?
De acordo com o BNDES, podem ter acesso aos recursos as pessoas físicas e jurídicas empreendedoras de atividades produtivas de pequeno porte. Ou seja, aquelas que obtenham receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil em cada ano-calendário.  

O apoio é feito de forma indireta, por meio do financiamento aos agentes operadores, que repassam os recursos diretamente ao microempreendedor.

Vale reforçar que, conforme as informações oficiais, os recursos destinam-se sempre ao financiamento de capital de giro e/ou de investimentos produtivos fixos. Além dos exemplos já citados, também visa obras civis, compra de equipamentos novos e usados, compra de insumos e de materiais.

Ainda segundo o próprio banco, “o valor do financiamento e a taxa de juros são determinados pelo agente operador, de acordo com limites pré-estabelecidos. Como o BNDES não atua diretamente no apoio aos microempreendedores, os interessados devem dirigir-se aos agentes operadores do microcrédito de sua cidade/região, que analisarão a possibilidade de concessão de crédito e as condições do financiamento”.

O microcrédito se configura na concessão de empréstimos de valor baixo a microempreendedores formais. Também pode se destinar aos informais, normalmente sem acesso ao sistema financeiro tradicional.

Cartão de crédito
Outra ferramenta disponível pelo BNDES é um cartão de crédito exclusivo para esse público. As vantagens desse cartão são a taxa de juros de 0,86% ao mês e o parcelamento em 48 prestações.

Para contratar o serviço de cartão de crédito, o microempresário deve ser correntista de um dos bancos:

Banco do Brasil;
Caixa Econômica Federal;
Itaú;
Bradesco;
Banco do Nordeste;
Banrisul;
Banestes;
BRDE;
Sicoob;
Sicredi.
A pessoa que já possui uma conta ativa em uma dessas instituições bancárias precisa apenas acessar o site do BNDES. Depois, é só clicar na opção “Solicite seu Cartão”, informar os dados necessários e aguardar o retorno da análise. 

No caso do MEI, este poderá falar diretamente com um agente operador do BNDES Microcrédito mais próximo. Também é possível realizar uma consulta às instituições financeiras que oferecem redes próprias de agentes ou linhas de crédito.

Em todos os casos, vale destacar, será feita uma análise do histórico e das condições de cada solicitante. Essa pesquisa é realizada pelo agente operador e verificará as possibilidades de crédito. Para isso é necessário se encaixar nas condições estabelecidas pelo banco.

Todas as informações sobre o cartão e sobre a linha de microcrédito estão disponíveis no site www.bndes.gov.br.

Com informações do site: editalconcursosbrasil