terça-feira, 29 de junho de 2021

4 criptomoedas para bons lucros em recuperação do mercado


 
Foto: Reprodução
O mercado de criptomoedas ensaia uma recuperação com o Bitcoin se aproximando de US$ 35.000 e os maiores criptoativos em valor de mercado em alta. Durante essa retomada, algumas altcoins se destacarão, segundo analistas, são elas: Ethereum (ETH), VeChain (VET), Chainlink (LINK) e Stellar (XLM).

Análises gráficas sugerem que as quatro moedas digitais podem valorizar entre 20% e 55% em relação aos preços atuais.

Após cair para US$ 1.730 no início da semana, a maior altcoin do mercado voltou a ser negociada acima do nível psicológico de US$ 2.000. Com uma alta de 5% nas últimas 24 horas, a Ether está custando, no momento da escrita, US$ 2.034.

Agora, conforme destacou a analista Sarah Tran, ETH tem alguns níveis de resistência para atingir antes de superar a tendência de baixa:

“O ativo precisa ter como alvo e negociar acima do nível de resistência de US$ 2.143 para confirmar a aceleração do interesse.”

Caso isso aconteça, a analista prevê que a altcoin alcance o nível de extensão Fibonacci de 27,2% em US$ 2.422. Em seguida, teria como alvo a média móvel de 100 dias em US$ 2.500. Portanto, seria uma alta de 22,7%.
Além disso, duas notícias recentes podem ajudar a impulsionar o preço da ETH. Nesta semana, o Banco Central de Israel anunciou que utilizou a rede Ethereum em um teste de sua moeda digital estatal.

E, nesta quinta-feira (24), o hard fork “London” foi ativado com sucesso na rede Ethereum. A atualização inclui cinco fases, mas a principal é a Proposta de Melhoria do Ethereum (EIP, na sigla em inglês) 1559 que revisará a estrutura de taxas da rede.

VeChain (VET) pode valorizar 25$

No caso da VeChain, que está custando US$ 0,083 após valorizar 11% em 24 horas, há previsões de novas altas.

A queda do mercado prejudicou VET consideravelmente. Afinal, seu preço caiu de US$ 0,10 para US$ 0,05 em dois dias. Contudo, a 21ª maior criptomoeda em valor de mercado já conseguiu recuperar boa parte de seu valor.

De acordo com o analista Akash Girimath, se a pressão de compra continuar aumentando, os investidores podem ter como alvo US$ 0,088 e US$ 0,0984. 

“Em um caso altamente otimista, o nível de retração de Fibonacci de 50% em US$ 0,103 poderia ser marcado”, disse.

Assim, se a estimativa se confirmar, VET registrará uma alta de cerca de 25%.

Chainlink (LINK) pode subir 30%

Girimath também está prevendo uma recuperação de preços da Chainlink. Nas últimas 24 horas, a criptomoeda valorizou cerca de 8%, alcançado o preço atual de US$ 19,25.

Mas a última semana também derrubou os preços de LINK. Em 20 de junho, a criptomoeda custava quase US$ 22 e, dois dias depois, caiu para cerca de US$ 15.
Apesar disso, parece que o pior já passou. Segundo o analista, a altcoin está se preparando para uma alta de 30% para retestar o nível de retração de Fibonacci de 70,5% em US$ 21,02. Em seguida, terá que superar o nível de resistência de US$ 21,65.

“Romper US$ 21,59 abrirá o caminho para os touros de Chainlink avançarem para a barreira subsequente em US$ 24,10 e o nível de retração de 50% de Fibonacci em US$ 25,21.”

Considerando o preço atual de LINK, seria uma alta superior a 30%.

Há ainda duas novidades que podem ajudar na retomada. O protocolo de blockchain Glitch Finance anunciou sua integração à plataforma de dados Chainlink Price Feeds para acelerar o desenvolvimento de aplicativos DeFi interoperáveis.

O mesmo fez a plataforma de negociação de margem Lever com o objetivo de proteger seu protocolo de empréstimos.

Stellar (XLM) pode disparar 55%

Finalmente, Girimath informou por que também está otimista com a Stellar (XLM). Depois de desabar de US$ 0,30 para US$ 0,20 no início da semana, XLM conseguiu uma boa recuperação e está custando US$ 0,26.

Conforme destacou o analista, se a altcoin recuperar os US$ 0,275, é possível que haja um movimento de alta mais forte:

“Nesse caso, os touros da Stellar estão de olho no nível de retração de Fibonacci de 50% em US$ 0,404, uma alta de 55%.”

Por outro lado, o analista observou que essa recuperação não será fácil. Isso porque a criptomoeda ainda precisa superar dois níveis de resistência. O primeiro em US$ 0,303 e o segundo em US$ 0,352.

“Portanto, os investidores precisam ficar atentos a essas barreiras”, concluiu.


Com informações do site: DIARIO INFORMATIVO