quarta-feira, 9 de junho de 2021

24 benefícios que você pode receber ao se inscrever no CadÚnico


 
Foto: Reprodução
O Cadastro Único oferece vários benefícios às famílias brasileiras de baixa renda que se inscrevem no programa, popularmente conhecido como CadÚnico, um dos benefícios que esse programa conta é o Bolsa Família.

Preparamos uma lista no artigo de hoje com 24 benefícios que você pode ter direito a receber ao se inscrever nesse programa. 

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

Como mencionei no início do artigo, este é um benefício que oferece assistência às famílias de baixa renda, entretanto você precisa primeiramente conhecer os requisitos para saber se pode se inscrever no programa. Famílias ou pessoas que moram sozinhas podem se cadastrar se:
Somando o salário de todas as pessoas da família e dividindo pelo número de membros da família, o valor for de até R$ 522,50 (metade do salário mínimo) por mês; OU
A soma dos salários de todas as pessoas da família for de até R$ 3.135,00 (três vezes o salário mínimo); OU
Estiverem em situação de rua, seja uma pessoa sozinha em situação de rua ou uma família em situação de rua; OU
 Pode ser que você não esteja em nenhuma dessas situações, mas precise fazer seu cadastro para receber um serviço que exija isso. Se esse for seu caso, poderá se cadastrar também.
Ao se enquadrar nos requisitos solicitados, basta se dirigir ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo no município em que reside. 

Quais benefícios posso receber?

Ao se inscrever no CadÚnico é possível contar com vários benefícios, muitos acham que esse programa está relacionado somente ao Bolsa Família, entretanto existe uma série de outros benefícios ligados a ele, confira na lista abaixo: 

Água para todos
Aposentadoria para Pessoas de Baixa Renda
Programa Brasil Alfabetizado
Auxílio Emergencial
Benefício de Prestação Continuada (BPC)
Bolsa Estiagem
Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti)
Bolsa Família
Bolsa Verde (Programa de Apoio à Conservação Ambiental)
Carta Social
Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
Carteira do Idoso
Casa Verde e Amarela
Crédito Instalação
ENEM
Programa Nacional de Crédito Fundiário
Identidade Jovem (ID Jovem)
Isenção de Pagamento de Taxa de Inscrição em Concursos Públicos
Programa Nacional de Reforma Agrária
Rural
Serviços Assistenciais
Programas Cisternas
Tarifa Social de Energia Elétrica
Telefone Popular

Documentos necessários

Agora que você já sabe os requisitos e conhece os benefícios a que você tem direito, confira a documentação necessária para ter acesso ao benefício. 

Documentação em comum para todos os casos

Importante: No dia da entrevista, não será preciso que toda a família vá ao local de cadastramento. Se você for maior de 16 anos, e preferencialmente mulher, poderá cadastrar toda a família. Mas, atenção: a pessoa que prestar a informação será chamada de Responsável pela Unidade Familiar (RF) no Cadastro Único.

Um outro recado: a entrevista demora mais ou menos uma hora, então  se programe para ir com tempo suficiente, certo?

Responsável pela Unidade Familiar (RF)

Deve comparecer com pelo menos um desses documentos:

CPF; ou 
Título de Eleitor.
 
Responsável pela Família Indígena

Deve comparecer com pelo menos um desses documentos:

CPF; ou
Título de Eleitor; ou
Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI); ou
Outros documentos de identificação, como Certidão de Casamento, Carteira de Identidade (RG) e Carteira de Trabalho.

Responsável pela Família Quilombola

Deve comparecer com pelo menos um desses documentos

CPF; ou
Título de Eleitor; ou
Outros documentos de identificação, como Certidão de Casamento, Carteira de Identidade (RG) e Carteira de Trabalho.

Demais membros da família

O Responsável pela Unidade Familiar (RF) deve estar com um desses documentos de cada pessoa da família:

Certidão de Nascimento; ou
Certidão de Casamento; ou
CPF; ou
Carteira de Identidade – RG; ou
Carteira de Trabalho; ou
Título de Eleitor.

Cadastramento de pessoas que não têm documento

Caso tenha faltado algum documento seu ou de alguém de sua família na hora do cadastramento, é obrigação da prefeitura fazer o cadastro mesmo assim. 

Mas, atenção: nesse caso, o seu cadastro vai ficar incompleto e você não poderá participar dos programas sociais.  Por isso, apresente todos os documentos o quanto antes para garantir todos seus direitos.

Documentos não obrigatórios, mas que ajudam no cadastramento (em todos os casos)

Comprovante de endereço, de preferência a conta de luz;
Comprovante de matrícula escolar das crianças e jovens até 17 anos. Se não tiver comprovante, leve o nome da escola de cada criança ou jovem.
Carteira de Trabalho.

Com informações do site: JORNAL CONTABIL