quarta-feira, 9 de junho de 2021

13º salário do INSS: Pagamento para quem recebe mais que um salário mínimo já começou


 
Foto: Reprodução

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já estão recebendo a primeira parcela do 13º salário. Desde o dia 25 de maio, os beneficiários que recebem até um salário mínimo estão recebendo a primeira parcela do benefício. Já os segurados que recebem benefício acima do piso nacional, tiveram o abono liberado esta semana.

A antecipação do 13º salário do INSS é uma das medidas do Governo Federal para conter os efeitos decorrentes pela pandemia de Covid-19. O Decreto 10.695 que viabilizou o pagamento foi publicado no Diário Oficial da União no dia 5 de maio deste ano.

Os segurados podem consultar a data de recebimento do benefício através do aplicativo ou site do “Meu INSS”. Para isto, basta seguir as seguintes orientações:
  • Acesse o site ou aplicativo “Meu INSS”;
  • Selecione a opção “Extrato de Pagamento”;
  • Com o calendário na tela, selecione o mês-base, que deve ser janeiro de 2021;
  • Em seguida, clique na seta ao lado do número do benefício;
  • Ao clicar, aparecerá discriminados os detalhes dos vencimentos.
Calendário de antecipação do 13º salário do INSS 2021

Benefícios com valor de um salário mínimo
Dígito final 1ª parcela – Maio 2ª parcela – Junho
1 25 de maio 24 de junho
2 26 de maio 25 de junho
3 27 de maio 28 de junho
4 28 de maio 29 de junho
5 31 de maio 30 de junho
6 01 de junho 01 de julho
7 02 de junho 02 de julho
8 04 de junho 05 de julho
9 07 de junho 06 de julho
0 08 de junho 07 de julho
 

Benefícios com valor acima de um salário mínimo
Dígito final 1ª parcela – Maio 2ª parcela – Junho
1 e 6 01 de junho 01 de julho
2 e 7 02 de junho 02 de julho
3 e 8 04 de junho 04 de julho
4 e 9 07 de junho 06 de julho
5 e 0 08 de junho 07 de julho

Golpes com o 13º salário do INSS

Criminosos estão aproveitando a antecipação do 13º salário para aplicar golpes nos segurados do INSS. Os crimes ocorrem através de mensagens maldosas que dizem ser do instituto e solicitam os dados pessoais dos aposentados e pensionistas.

Com informações do site: Noticias Concursos.