domingo, 30 de maio de 2021

Veja prazo que trabalhador tem para mexer no dinheiro do Auxílio Emergencial


 
Foto: Reprodução

O Governo Federal vai concluir nesta segunda-feira (31) os pagamentos da segunda parcela do Auxílio Emergencial. Mesmo assim, muita gente ainda possui algumas dúvidas básicas sobre o programa. Algumas pessoas, por exemplo, não sabem que existe um prazo para a movimentação do dinheiro em questão.

Mas o fato é que existe, sim. Cada trabalhador que recebe o dinheiro do Auxílio tem um prazo de 90 dias para movimentar o dinheiro em questão. Isso sempre contando da data de pagamento do benefício. Se não fizer isso, a quantia vai voltar para o Governo Federal.

Vale lembrar que nós estamos falando de uma movimentação. Então esse prazo não significa dizer que as pessoas precisam gastar todo o dinheiro em 90 dias.
Esses beneficiários precisam fazer apenas alguma movimentação para mostrar que irão querer ficar com a quantia.

Assim, o trabalhador pode usar o dinheiro do Auxílio de forma infinita sem maiores problemas. Ele só precisa fazer uma movimentação simples para mostrar ao Governo que vai querer usar o benefício. Assim, ele evita dores de cabeça em um futuro próximo.

Vale lembrar que o Auxílio Emergencial do Governo Federal está fazendo pagamentos de parcelas que variam entre R$ 150 e R$ 375. São valores mais baixos do que aqueles que o Planalto pagou durante o ano passado. No entanto, muita gente precisa usar essas quantias.

Prazo para saque

Ao ver essa notícia, as pessoas podem acabar confundindo esse prazo de movimentação com o prazo para o saque. No entanto, uma coisa não tem qualquer relação com a outra. Vale lembrar que para os informais o Governo Federal só libera os saques depois de algumas semanas do repasse da parcela.

No entanto, como dito, são apenas algumas semanas. Então quem não tem acesso ao aplicativo Caixa Tem, pode ficar tranquilo. O dinheiro não vai voltar antes da liberação do saque. O prazo é o mesmo de 90 dias para todas as pessoas. E é isso que acaba fazendo muita diferença.

Os informais que nasceram em dezembro, por exemplo, estão recebendo a segunda parcela do benefício neste domingo (30). No entanto, eles só irão poder sacar o dinheiro na boca do caixa no próximo dia 16 de junho.
O prazo para a movimentação do dinheiro para este grupo, seja no app ou no banco, vai até o final do próximo mês de agosto.

Devolução do Auxílio

Em alguns casos, alguns brasileiros optam por não movimentar o dinheiro do Auxílio de forma proposital. É que eles consideram que não precisam desse dinheiro e querem que ele volte para o Governo. Assim, eles não fazem nenhuma movimentação e a quantia retorna aos cofres públicos automaticamente.

Casos assim são mais comuns do que se possa imaginar. É que em algumas situações, os beneficiários podem ter conseguido algum trabalho informal mais robusto ou algo semelhante. Então eles consideram que estão precisando menos do benefício do que outras pessoas.

Isso acontece principalmente porque o Governo Federal não abriu inscrições para o programa deste ano. Eles usaram apenas os pedidos do ano passado. Foi portanto justamente por isso que muita gente acabou recebendo o dinheiro sem precisar mais das quantias.

Com informações do site:  noticiasconcursos - Aécio de Paula