domingo, 30 de maio de 2021

Três benefícios em inscrever você e sua família no Cadastro Único


 
Foto: Reprodução

Inscrição no Cadastro Único pode garantir renda extra em seu orçamento. Considerada a principal plataforma social do país, o cadúnico funciona como uma espécie de banco de dados onde o governo pode monitorar a situação da população em vulnerabilidade social. Aqueles vinculados conseguem ter uma série de benefícios, acompanhe.

Estar registrado no Cadastro Único é primordial para os brasileiros de baixa renda. Por meio da candidatura, o cidadão permite que a gestão federal consiga ter acesso a renda de sua família e passe a propor abonos ou isenções para auxiliar no orçamento.

Mais do que garantir a entrada em projetos como o Bolsa Família, o cadastro único pode ofertar ainda descontos ou até mesmo gratuitidade em contas de água e energia.

Garantir acesso a programas municipais como a concessão de cesta básica, ou até mesmo a inclusão em projetos sociais vinculados a educação.

De modo geral, uma vez registrado no CadÚnico, o cidadão e sua família passam a ser monitorado e consequentemente a receber maior assistência pública, não somente em nível federal, como também em estadual e municipal.

Outra função importante do projeto é que por meio dele a gestão consegue acompanhar as taxas de pobreza, miséria, educação, saúde, etc.. Podendo assim propor novas políticas públicas específicas para esse grupo.

Lista de benefícios sociais vinculados ao Cadastro Único

Água para todos;
Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
Auxílio emergencial;
Bolsa estiagem;
Bolsa Família;
Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental;
Carta Social;
Carteira do Idoso;
Casa Verde e Amarela;
Crédito Instalação;
Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
Isenção de Taxas em Concursos Públicos;
Passe Livre para pessoas com deficiência;
Pro Jovem Adolescente;
Programa Brasil Alfabetizado;
Programa Brasil Carinhoso;
Programa de Cisternas;
Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​;
Programa Nacional de Crédito Fundiário;
Programa Nacional de Reforma Agrária;
Tarifa Social de Energia Elétrica;
Telefone Popular.

Como me inscrever?

Para poder registrar você e sua família basta ir até um posto de assistência social de seu município e levar as documentações de identificação pessoal de todos.

Além disso é preciso ainda comprovantes de renda e residência. Outra possibilidade é se candidatar também pela internet, através do app do CadÚnico.
Para um guia completo, clique aqui.

Com informações do site:  fdr - Eduarda Andrade