terça-feira, 25 de maio de 2021

Segurado pode ir á justiça para garantir benefício do INSS


 
Foto: Reprodução
Segurado pode ir á justiça para garantir benefício do INSS A demora na liberação dos benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) acaba deixando muitos segurados sem a renda previdenciária.

O órgão tem entre 45 e 60 dias para analisar pedidos e responder aos segurados. Na prática, no entanto, há muitas solicitações que ficam sem resposta por vários meses. Um caminho, uma vez extrapolado o prazo do INSS, pode ser recorrer à Justiça Federal para obter um parecer do órgão.

Nesse caso, o recurso utilizado para destravar o processo será o mandado de segurança previdenciário. Para isso, é imprescindível a atuação de um advogado, pois só o profissional conseguirá fazer o pedido à Justiça. Não é possível pedir o mandado diretamente ao Juizado Especial Federal, por exemplo.3 6

BRASILEIROS NA FILA DO INSS
Após a atuação do advogado, o juiz irá avaliar o pedido e decidir se manda o INSS concluir a análise do benefício. Caso o mandado seja concedido, o atendimento ao pedido do segurado deve ser imediato.

Em alguns casos, inclusive, as decisões provisórias obrigando o INSS a fazer a análise são emitidas em poucos dias. Isso ocorre porque, para não ser penalizado, o INSS é forçado a resolver o caso rapidamente.

O órgão alerta que a prestação de informações incorretas ou desencontradas pelo segurado acaba atrasando a análise e a concessão do benefício.

O mesmo acontece quando há falta de documentação apresentada. Antes de recorrer à Justiça, é aconselhável verificar pelo 135 se não há algum cumprimento de exigência pendente.

Com as agências fechadas devido à pandemia do coronavírus, o INSS criou o serviço de ‘Exigência Expressa’. Nele, o segurado agenda data e horário para depositar em uma urna cópias de documentos exigidos.1 8

VEJA O PASSO A PASSO DA PROVA DE VIDA DIGITAL DO INSS
FILA DO INSS | COMO ESCAPAR
Justiça Federal pode ser um meio mais eficiente para destravar um processo no INSS
O recurso utilizado pelos advogados para isso é chamado “mandado de segurança”
Como funciona

O mandado de segurança existe para garantir um direito considerado certo
Quando o mandado é concedido por um juiz, o atendimento deve ser imediato
Precisa de advogado.

Só um advogado pode solicitar um mandado de segurança à Justiça
Por isso, não é possível pedi-lo diretamente ao Juizado Especial Federal
Decisão

Um juiz irá decidir se aceita ou não o pedido de mandado de segurança
A atuação de um advogado especializado em Previdência é importante
Em alguns casos, as decisões provisórias (liminares) obrigando o INSS a fazer a análise são emitidas em poucos dias
Quando isso ocorre, para não ser penalizado, o INSS é forçado a resolver o caso rapidamente
Peça primeiro ao INSS.

Pedidos de aposentadorias, auxílios e pensões devem ser feitos diretamente ao INSS
O serviço não tem custo e não exige intermediários, como procuradores ou advogado
A solicitação deve ser feita pelo telefone 135 ou no site ou no aplicativo Meu INSS
Ir à Justiça sem antes pedir o benefício ao INSS ao pode resultar na anulação do processo
SAIBA COMO PASSAR A RECEBER SEU BENEFÍCIO DO INSS EM UMA CONTA-CORRENTE
Quando processar

O INSS tem prazo de 45 dias para analisar pedidos de benefícios e responder aos segurados
Se o atendimento não ocorre no prazo, o segurado pode recorrer à Justiça obter a resposta
Ações em alta

Os pedidos de mandado de segurança previdenciário dispararam
Entre 2018 e 2019, a quantidade de ações no TRF-3 subiu 284%
 Documento pode atrasar concessão.

O INSS vem informando que grande parte dos pedidos com pendências de análises dependem de documentos que precisam ser entregues por segurados
Antes de recorrer à Justiça, vale a pena verificar pelo telefone 135 se a concessão do benefício não depende do cumprimento de alguma exigência
Cumprimento de exigência

É o nome do procedimento em que o INSS solicita ao cidadão documentos complementares para que a análise de um pedido de benefício possa ser concluída
Exigência expressa

É como o INSS passou a chamar o sistema em que o segurado entrega nas agências cópias da documentação exigida
Como funciona

Na porta de cada agência do INSS, o segurado encontrará uma urna, onde poderá depositar o envelope com cópias simples da documentação
Agendamento

As entregas das cópias de documentos nas agências passam ser obrigatoriamente agendadas
O agendamento já está disponível por meio do Meu INSS (aplicativo ou no site meu.inss.gov.br)
Também é possível marcar a data e a hora para a entrega da papelada por meio do telefone 135
O INSS informou que não vai considerar documentos entregues sem o prévio agendamento
Protocolo

Para fazer o agendamento, é preciso ter em mãos o número do protocolo do pedido de benefício (tarefa principal).

Com informações do site: mix vale