sexta-feira, 21 de maio de 2021

Saque Emergencial do FGTS 2021: Veja Possível Data de Liberação


 
Foto: Reprodução
O saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) foi um benefício liberado pelo governo federal no ano passado, quando do início da pandemia causada pelo coronavírus.

Para realizar o saque emergencial em 2020, bastava ter saldo disponível em conta para poder realizar o saque de até R$ 1.045, o valor de um salário mínimo vigente em 2020.

No entanto, a autorização para esse saque no ano passado foi decorrente da Medida Provisória Nº 946 (7 de Abril de 2020). Sendo assim, essa MP permitiu que os trabalhadores que possuíam saldo vinculado em sua conta FGTS, fizessem o resgate dos valores, desde que não fosse maior do que um salário mínimo.

Há confirmação sobre o saque emergencial em 2021?

Por conta da continuidade da situação pandêmica, os trabalhadores questionam se neste ano de 2021, essa liberação do FGTS irá se repetir. 

Entretanto, não há uma informação oficial do governo. Já que, esse assunto está sendo discutido desde o final de 2020.

Mês estimado para essa liberação é Junho

Todavia, estima-se que o saque emergencial 2021 poderá ocorrer em Junho. O Governo não confirmou essa liberação por conta de ser necessário ajustar os orçamentos públicos.
Já que foram liberados alguns benefícios, como o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (o Programa BEm) e o Auxílio Emergencial 2021.  Bem como, foi liberada a antecipação do 13º salário do INSS, valor que só veio a ser oficialmente disponibilizado em abril.  

Liberação pode ser de até R$ 1.100,00 para quem possui o saldo na conta FGTS

Por isso, essa liberação não está oficializada. No entanto, especula-se que ocorrerá em Junho a liberação de até um salário mínimo deste ano, no valor de R$ 1.100.00.

Caso haja a liberação, deve seguir um calendário típico do Governo no que tange aos benefícios, a liberação do valor, considerando a data de aniversário do beneficiário.

A Caixa Econômica Federal não confirma essa liberação, pois a Caixa é um dos agentes pagadores de benefícios do governo.

Acesse os sites oficiais do Governo para confirmar as informações 

Por isso, é importante que o trabalhador busque por fontes oficiais do governo para se manter atualizado, como a conta gov.br e o DOU, o Diário Oficial da União, onde são publicados todos os decretos e MPs (Medidas Provisórias) oficializadas pelo Governo. Dessa forma, você se atualiza e evita cair em golpes e fraudes que oferecem falsos cadastros, por exemplo. 

Com informações do site: Notícias Concursos