quarta-feira, 26 de maio de 2021

Quem teve o Auxílio Emergencial negado, têm até sexta para contestar


 
Foto: Reprodução

Aqueles que tiveram seu auxílio negado, têm até sexta-feira (28) para contestar, já para os beneficiários inscritos no Bolsa Família, este prazo se estende até dia 1.º de junho. 

Caso tenha sido concedido a você a primeira parcela do Auxílio Emergencial, no entanto, teve o benefício cancelado pelo Governo Federal, saiba que é possível contestar. Contudo, é importante estar atento ao prazo, pois o beneficiário só terá até essa sexta (28) para questionar a decisão, ou até 1.º de junho, caso você seja inscrito no Bolsa Família. 

Em resumo, estes cancelamentos ocorrem por conta de análises mensais realizadas pela Caixa Econômica Federal, visando verificar se os beneficiários ainda se encaixam nos critérios e condições necessárias para receber o benefício. Sendo assim, a partir desse “pente fino”, alguns podem deixar de gozar dos pagamentos, no entanto, caso seja essa sua situação, basta contestar conforme o passo a passo abaixo: 

Selecione a opção “Solicitar contestação”;
Vá ao campo de consulta do auxílio emergencial; 
Preencha suas informações pessoais;
Clique em “Enviar”;
Vá em “Contestação” para solicitar uma revisão nos documentos (Caso a situação do auxílio esteja como negado);
Feito isso, o Ministério da Cidadania tem até 15 dias para dar retorno;

Com informações do site:  jornalcontabil