segunda-feira, 10 de maio de 2021

Pretende comprar carro ou moto? Saiba se deve optar por financiamento ou consórcio


 
Foto: Reprodução
Aqueles que querem ter sua moto ou seu carro, podem optar por duas formas: por meio de financiamento ou por consórcio. Saiba aqui qual a melhor forma de compra para você.
Financiamento
O financiamento é uma espécie de compra a longo prazo, com o acréscimo de uma taxa de juros ao valor inicial, que varia de acordo com o tempo de parcelamento. 
Para o financiamento, é necessário solicitar o crédito em uma instituição financeira, que pode requisitar comprovação de renda e consultar o SPC e Serasa.

Caso o financiamento seja liberado, o cliente deve pagar o valor em parcelas, que são usualmente mensais, com acréscimo de juros e taxas.

Financiamento de veículos
Para financiar um carro ou uma moto, existem duas formas de financiamento:
Crédito Direto ao Consumidor (CDC)
O consumidor faz um empréstimo em um banco para efetuar a compra. O veículo fica alienado ao banco até que seja quitado, mas o comprador tem a posse.

Nos casos de  inadimplência, o banco pode entrar com ação judicial para recolher o veículo, que é leiloado. O valor serve para pagamento do restante do financiamento e de despesas judiciais.

Leasing
Neste, quem compra o veículo é uma empresa de leasing ou um banco que trabalha com esse tipo de crédito. O carro ou a moto é alugado ao consumidor, que só passa a ser o dono quando paga todas as parcelas do financiamento.

No caso de atraso no pagamento, o veículo  é recolhido por meio de ação judicial, mas o consumidor não recebe nenhuma parte do valor pago.
Consórcio
Aqueles que compram um veículo de forma planejada e podem esperar mais para adquirir, podem entrar em um consórcio.
 

Isso pois o consórcio é como uma poupança conjunta para aquisição programada de um bem. São pagas parcelas mensais e pode ter o valor total disponível de forma antecipada, se for sorteado ou oferecer um lance ao vencedor.

No consórcio, não é exigida análise de crédito ou comprovação de renda. Somente depois de ser contemplado é preciso demonstrar que pode arcar com as parcelas futuras.
Qual escolher na hora de comprar o carro ou moto nova?
Para fazer a escolha é preciso que o comprador avalie com cautela, os benefícios, sejam a médio ou longo prazo.
 

Além disso, é preciso verificar se a sua necessidade é do carro imediatamente ou se pode esperar. 

O consórcio é ideal para quem quer comprar ou trocar de carro, mas não tem urgência.
Já para aqueles que tem o valor de entrada, precisa comprar o bem de imediato e não se importa em arcar com os juros a melhor opção pode ser financiar o seu veículo.

Com informações do site: FDR