quinta-feira, 20 de maio de 2021

Internautas pedem subsídio nos salários dos jovens. Entenda como funcionaria


 
Foto: Reprodução

Internautas se reuniram nas redes sociais na manhã desta terça-feira (18) para pedir que o Governo siga um projeto colombiano de subsídio aos salários dos jovens. Na segunda (17), o Presidente da Colômbia, Iván Duque, anunciou o projeto em questão.

De acordo com Duque, a ideia é que o Governo pague 25% dos repasses de pessoas jovens. Por lá, eles querem considerar que esse grupo é formado por trabalhadores que tenham entre 18 e 28 anos de idade. Nesses casos, o empregado receberia uma parte do dinheiro vindo do Governo Federal.

Na Colômbia, o salário mínimo atual é de R$ 1.300. É portanto um valor maior do que o do Brasil, que está na casa dos R$ 1.100. As contas para esse subsídio do Governo girariam sempre em torno desse valor do repasse mínimo local.

Em pronunciamento, o Presidente Ivan Duque disse que a ideia é fazer com que os jovens entrem com mais facilidade no mercado de trabalho. Isso porque as empresas iriam ter que gastar menos com cada um desses empregados durante todo o período do contrato.

“Queremos ajudar os jovens que buscam a primeira oportunidade. Temos dialogado com eles e entendemos suas preocupações”, disse Duque no pronunciamento na TV. Nas redes sociais do Brasil, muita gente pediu para que o Presidente Jair Bolsonaro replicasse a ideia.

Auxílio para jovens?

No entanto, analistas econômicos estão pedindo calma com estes pedidos. Acontece que é preciso entender que o contexto político da Colômbia é diferente neste momento. É que o país vizinho está vivendo um turbilhão de manifestações contrárias ao Governo.

Por lá, há uma insatisfação quase que geral com a Reforma Tributária do Presidente. Desde o início de abril, eles estão registrando vários protestos violentos em várias cidades. Dezenas de manifestantes morreram em confrontos com a polícia neste que pode ser o período mais sangrento da história recente da Colômbia.

Então se entende que esse projeto colombiano tem muito mais um jeito de resposta para a população do que qualquer outra coisa.
É que Duque está tentando impedir a queda da sua popularidade no meio do momento mais tenso para o seu governo até aqui.

Salários

O Governo Federal ainda não se manifestou, mesmo que internamente, sobre os pedidos para que o país realize um projeto semelhante. No entanto, recentemente o Ministro da Economia, Paulo Guedes, garantiu que o Planalto vai criar o Bônus por Participação Produtiva (BIP).

Esse projeto, que deve ficar pronto no segundo semestre, quer pagar uma bolsa para os jovens que participarem de programas de treinamentos de grandes empresas. Então sempre que o jovem sair de casa para trabalhar, ganharia essa bolsa em dinheiro.

Ainda não há informações oficiais sobre esse novo programa. No entanto, nos bastidores, membros do Palácio do Planalto dão como certa a sua realização.
Enquanto isso não acontece, o Governo segue realizando os pagamentos do novo Auxílio Emergencial no país.

Nesta terça-feira (18), aliás, os beneficiários que nasceram em fevereiro receberam a liberação do pagamento da segunda parcela do benefício. Os valores desse programa variam entre R$ 150 e R$ 375.

Com informações do site:  noticiasconcursos