sexta-feira, 7 de maio de 2021

Governo libera cartão com crédito para alimentação; veja como conseguir


 
Foto: Reprodução
O Governo do Estado de São Paulo anunciou que vai distribuir 50 mil cartões com crédito destinados a alimentação para famílias cadastradas no CadÚnico que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica e social.

O cartão será usado na modalidade de débito, voltado apenas para alimentação. Dessa forma, ele só será aceito em estabelecimento de distribuição alimentícia, como supermercados.
 
Além de atender famílias em extrema pobreza, o benefício deve injetar R$ 1 milhões a economia deste setor. De acordo com Célia Parnes, secretária da Assistência e Desenvolvimento Social do estado, o cartão será totalmente custeado por empresários.

Tais empresários, compõem o setor privado da Associação Paulista de Supermercados. Este grupo contribui para a criação e desenvolvimentos de ações sociais. Portanto, a verba não sairá dos cofres públicos. Esse novo benefício substituirá o programa de distribuição de cestas básicas, que estavam sendo entregues pelo governo do estado desde o início da pandemia.

De acordo com Parnes, o cartão trará mais liberdade as chefes de família para comprarem produtos que não vinham na cesta básica, como alimentos perecíveis (verduras, legumes e frutas).

A secretária ainda informou que nem todas as famílias cadastradas no CadÚnico receberão o cartão. Desta forma, o governo do estado deve fazer uma seleção para identificar as famílias mais carentes residentes em São Paulo.

A distribuição dos cartões já começou na última terça-feira,4, na Zona Leste de São Paulo. Segundo o governo do Estado, 3 mil vales já foram entregues a famílias. Como observado, essa entrega ocorrerá de maneira gradual para evitar aglomerações.
O primeiro lote de distribuição contará com 10 mil cartões. Porém, o governo não informou acerca das datas de entrega.

Por fim, Parnes afirmou que a intenção é ampliar o programa e conseguir mais financiadores para beneficiar ainda mais famílias. Ela ainda diz que a parceria entre supermercados e o governo do Estado tem sido positiva.

Com informações do site: Notícias Concursos