quarta-feira, 26 de maio de 2021

Falta de coragem para tomar decisões: Como lidar com isso?


 
Foto: Reprodução
A falta de coragem para tomar decisões afeta muitas pessoas, todos os dias, e em diversas esferas sociais. Isso porque o tempo todo estamos tomando decisões. Umas, mais importantes, e outras nem tanto.

Ao escolhermos a cor da nossa roupa, tomamos uma decisão; ao escolhermos a quantidade de alimento posto no prato; tomamos uma decisão; ao resolvermos pedir demissão, tomamos uma decisão, e assim por diante.

Por isso, desenvolver a sua capacidade crítica de analisar as situações e tomar decisões difíceis é imprescindível para uma vida mais autônoma e equilibrada. A seguir, você encontra sugestões e dicas que podem lhe ajudar nisso.

Como lidar com a falta de coragem para tomar decisões?
A falta de coragem para tomar decisões pode aparecer de maneira silenciosa. Por isso, é importante você, antes de qualquer coisa, reconhecer o problema. Analise quando foi a última vez em que você tomou uma decisão importante sobre a sua vida, sem se deixar levar pela opinião dos outros.

Se você tiver dificuldade para encontrar a resposta para isso, talvez tenhamos uma pista de que as outras pessoas estão tomando decisões por você. Nesse segundo caso, você deve se atentar para as seguintes dicas:

1- Reserve um tempo para analisar a situação
Não fique repetindo a dúvida na sua mente, ao longo do dia. O ideal é que você estipule um momento específico para analisar a situação. Assim você consegue manter a mente tranquila e focada no presente, sem se deixar levar pelo questionamento acerca da decisão.

2- Pense nos prós e contras de cada um dos caminhos
Chegou o momento “marcado” para pensar nos prós e contras das alternativas diante de você? Então analise com muita atenção. Anote quais são as consequências positivas e negativas de cada um dos caminhos que podem ser escolhidos. Mas, seja bem crítico! Anote tudo que pode ser bom ou ruim em cada circunstância.

3-  Qual pode ser a melhor alternativa (com mais ou maiores prós)
Depois de explanar tudo sobre as opções, é hora de mandar a falta de coragem para tomar decisões para bem “longe”! Aqui, você deve novamente exercitar o seu olhar crítico sobre as situações. Veja quais consequências podem ser mais positivas para você. Foque no que você quer e pense sobre o assunto.

4- Planeje a execução da sua ação
A partir do momento em que você consegue apontar qual pode ser a melhor alternativa, é chegada a hora de planejar a sua execução. Analise atentamente tudo o que você deve fazer para tornar essa decisão uma realidade em sua rotina. Não meça esforços para isso, porém, não deixe com que a tomada de decisão “sature” em sua mente. Você precisa agir de maneira coerente, sem procrastinar.

5- Execute e monitore os resultados
Por fim, procure sempre monitorar os seus resultados, executando a sua tomada de decisão dentro de um tempo hábil. Acompanhe corriqueiramente, pois isso pode lhe encorajar diante de decisões futuras.

O poder da psicoterapia sobre a falta de coragem para tomar decisões
Se ainda assim você tem sentido falta de coragem para tomar decisões, saiba que a psicoterapia pode lhe ajudar. Assim você pode se autoconhecer e desenvolver a sua capacidade crítica, melhorando a forma como você lida com as situações cotidianas. Experimente e veja como isso pode mudar a sua maneira de tomar decisões.

Com informações do site: Notícias Concursos