quarta-feira, 26 de maio de 2021

Afinal, o que é Open Banking e como o sistema afeta economia do país?


 
Foto: Reprodução
O Open Banking é uma nova plataforma que irá interligar todo o sistema financeiro e que terá todas as regras feitas pelo Banco Central. Nesta matéria, você fica sabendo um pouco mais sobre a novidade.

O que é o Open Banking
O Open Banking é uma nova plataforma tecnológica que irá conectar todo o sistema financeiro. Todas as regras desta novidade serão elaboradas pelo Banco Central.

A partir da plataforma, os brasileiros vão poder autorizar as instituições financeiras a fazerem o compartilhamento de seus dados pessoais e bancários com terceiros. Tudo será feito de forma digital e segura e somente com a autorização.

Quem pode participar da plataforma
A participação dos grandes e médios bancos do país classificados (os chamados S1, com porte igual ou superior a 10% do Produto Interno Bruto, ou que possuam atividade internacional relevante, independente do porte) e do segmento S2 (porte inferior a 10% e igual ou superior a 1% do PIB), é obrigatória. 

Já para as outras instituições, a participação é opcional.

Vantagens do Open Banking 
Através da interligação entre as instituições financeiras participantes e todos os dados que serão compartilhados entre elas, a plataforma irá, por exemplo, que o consumidor consiga conectar sua conta bancária a um app que analisa sua vida financeira.

Com isso, ele pode receber dicas de investimentos, oferta de produtos, entre outras coisas.

Todos serão obrigados a compartilhar os dados?
Não. Somente após a autorização do cliente é que a instituição financeira poderá compartilhar seus dados. A autorização deve ser bem clara. 

Caso um cliente que possui conta no banco A, por exemplo, desejar fazer um empréstimo num banco B, ele precisa dar uma autorização específica para que seus dados relacionados ao crédito no banco A sejam repassados. Esta autorização tem validade de um ano e caso não seja renovada, ela perde a vaidade. 

Todas as operações já estão funcionado?
Ainda não. A plataforma está sendo implementada em quatro fases no decorrer deste ano. 

O que a primeira fase do Open Banking engloba
Na primeira fase, as instituições financeiras dos grupos S1 e S2 podem compartilhar dados gerais de cada um, como tipos de contas, empréstimos e financiamentos. O acesso a essas informações será pública e os dados do cliente não estão inclusos nessa fase.

Com informações do site: FDR