sexta-feira, 30 de abril de 2021

Você costuma pagar fatura mínima do cartão? Cuidado com os juros rotativos


 
Foto: Reprodução

Muitos clientes de bancos que enfrentam meses apertados no orçamento aproveitam para parcelar o valor total da fatura do cartão de crédito, pagando o mínimo ou mesmo qualquer quantia, sendo que o restante que deveria ser quitado é financiado pelo crédito rotativo.

O problema é que a média da taxa para esse tipo de juros é muita alta no Brasil, de acordo com o Banco Central, em março de 2019, ela chegou a 298,6% ao ano.
Para piorar a situação de quem entra nessa bola de neve de dívida, conforme uma pesquisa da Digio, banco digital, 50% das pessoas que pagam o valor mínimo da fatura do cartão, não sabem que os juros serão cobrados.

Por isso, antes de entrar no crédito rotativo, tenha uma atitude consciente e saiba quais são as taxas cobradas pelo seu banco.
Para evitar de ter que recorrer ao parcelamento, anote seus gastos e tenha controle do que está comprando e pra onde está indo seu dinheiro.

Além disso, sempre que puder, pague o total da fatura e fique longe dos juros altos. Mas, se isso não for possível, pague qualquer valor da fatura, pois é melhor quitar alguma coisa do que deixar toda a fatura em atraso. Vale destacar que é possível usar o crédito rotativo apenas uma vez ao mês.

Com informações do site: edital concursos brasil