sábado, 3 de abril de 2021

Veja quando vai receber o auxílio emergencial pelo mês de nascimento


 
Foto: Reprodução
Com a confirmação da nova rodada do auxílio emergencial, os cidadãos podem ter dúvidas como: “Quando vou receber o auxílio emergencial?”. O calendário do benefício já foi divulgado, e assim como no ano passado os beneficiários vão ser separados pelo mês de nascimento. Além disso, há datas para depósito do auxílio em conta digital e para liberação de saques e transferências.

A nova rodada do benefício foi regulamentada a partir da Medida Provisória nº 1039. Ao passo que as quatro parcelas previstas devem chegar a cerca de 45,6 milhões de famílias, e ter o custo limite de R$ 44 bilhões.

Quando vou receber o auxílio emergencial?

O calendário do auxílio emergencial 2021 foi divulgado no dia 31 de março, a partir da Portaria nº 622, assinada pelo ministro João Roma.

O pagamento se inicia na próxima terça-feira, dia 06 de abril, com o depósito em poupança social digital para os nascidos no mês de janeiro. Ao passo que, os aniversariantes do mês de dezembro pegam o dinheiro da primeira parcela no dia 30 de abril.

Os depósitos das quatro parcelas do benefício o dia 22 de agosto. Ao passo que o cronograma de liberação para saques tem início em 04 de maio e é finalizado em 10 de setembro.

Como dito, os pagamentos ocorrem de forma escalonada, levando em consideração o mês de aniversário dos beneficiários. Então, confira as datas em que você vai receber as quatro parcelas do auxílio emergencial, de acordo com seu mês de nascimento.

Nascidos em janeiro
1ª parcela é paga em 06 abril, com liberação para saque em 04 de maio
2ª parcela é paga em 16 de maio, com liberação para saque em 08 de junho
3ª parcela é paga em 20 junho, com liberação para saque em 13 de julho
4ª parcela é paga em 23 de julho, com liberação para saque em 13 de agosto

Nascidos em fevereiro
1ª parcela é paga em 09 de abril, com liberação para saque em 06 de maio
2ª parcela é paga em 19 de maio, com liberação para saque em 10 de junho
3ª parcela é paga em 23 de junho, com liberação para saque em 15 de julho
4ª parcela é paga em 25 de julho, com liberação para saque em 17 de agosto

Nascidos em março
1ª parcela é paga em 11 de abril, com liberação para saque em 10 de maio
2ª parcela é paga em 23 de maio, com liberação para saque em 15 de junho
3ª parcela é paga em 25 de junho, com liberação para saque em 16 de julho
4ª parcela é paga em 28 de julho, com liberação para saque em 19 de agosto

Nascidos em abril
1ª parcela é paga em 13 de abril, com liberação para saque em 12 de maio
2ª parcela é paga em 26 de maio, com liberação para saque em 17 de junho
3ª parcela é paga em 27 de junho, com liberação para saque em 20 de julho
4ª parcela é paga em 01 de agosto, com liberação para saque em 23 de agosto

Nascidos em maio
1ª parcela é paga em 15 de abril, com liberação para saque em 14 de maio
2ª parcela é paga em 28 de maio, com liberação para saque em 18 de junho
3ª parcela é paga em 30 de junho, com liberação para saque em 22 de julho
4ª parcela é paga em 03 de agosto, com liberação para saque em 25 de agosto

Nascidos em junho
1ª parcela é paga em 18 de abril, com liberação para saque em 18 de maio
2ª parcela é paga em 30 de maio, com liberação para saque em 22 de junho
3ª parcela é paga em 04 de julho, com liberação para saque em 27 de julho
4ª parcela é paga em 05 de agosto, com liberação para saque em 27 de agosto

Nascidos em julho
1ª parcela é paga em 20 de abril, com liberação para saque em 20 de maio
2ª parcela é paga em 02 de junho, com liberação para saque em 24 de junho
3ª parcela é paga em 06 de julho, com liberação para saque em 29 de julho
4ª parcela é paga em 08 de agosto, com liberação para saque em 30 de agosto

Nascidos em agosto
1ª parcela é paga em 22 de abril, com liberação para saque em 21 de maio
2ª parcela é paga em 06 de junho, com liberação para saque em 29 de junho
3ª parcela é paga em 09 de julho, com liberação para saque em 30 de julho
4ª parcela é paga em 11 de agosto, com liberação para saque em 01 de setembro

Nascidos em setembro
1ª parcela é paga em 25 de abril, com liberação para saque em 25 de maio
2ª parcela é paga em 09 de junho, com liberação para saque em 01 de julho
3ª parcela é paga em 11 de julho, com liberação para saque em 04 de agosto
4ª parcela é paga em 15 de agosto, com liberação para saque em 03 de setembro

Nascidos em outubro
1ª parcela é paga em 27 de abril, com liberação para saque em 27 de maio
2ª parcela é paga em 11 de junho, com liberação para saque em 02 de julho
3ª parcela é paga em 14 de julho, com liberação para saque em 06 de agosto
4ª parcela é paga em 18 de agosto, com liberação para saque em 06 de setembro

Nascidos em novembro
1ª parcela é paga em 29 de abril, com liberação para saque em 01 de junho
2ª parcela é paga em 13 de junho, com liberação para saque em 05 de julho
3ª parcela é paga em 18 de julho, com liberação para saque em 10 de agosto
4ª parcela é paga em 20 de agosto, com liberação para saque em 08 de setembro

Nascidos em dezembro
1ª parcela é paga em 30 de abril, com liberação para saque em 04 de junho
2ª parcela é paga em 16 de junho, com liberação para saque em 08 de julho
3ª parcela é paga em 21 de julho, com liberação para saque em 12 de agosto
4ª parcela é paga em 22 de agosto, com liberação para saque em 10 de setembro

Beneficiários do Bolsa Família vão receber auxílio emergencial em datas diferentes
Ademais, os integrantes do Bolsa Família devem receber o auxílio emergencial em datas diferentes. Os pagamentos vão seguir o calendário regular do programa, em que os beneficiários pegam o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, sendo divididos de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS).

Dessa forma, a primeira parcela para esse grupo será paga entre os dias 16 e 30 de abril. Já a segunda parcela, deve ser paga entre 18 e 31 de maio. A terceira, entre os dias 17 e 30 de junho. E por fim, a quarta, entre 19 e 30 de julho.

Qual o valor do auxílio emergencial?
O valor médio do auxílio emergencial é de R$ 250. Ao passo que, a mulher chefe de família deve receber quatro parcelas de R$ 375 e a pessoa que mora sozinha pega parcelas de R$ 150.

Como vão ocorrer os pagamentos?
Os pagamentos do benefício vão ocorrer por meio de depósito em poupança social digital, que pode ser acessada pelo aplicativo Caixa Tem. Ao receber o auxílio emergencial, os beneficiários conseguem movimentar o dinheiro nessa plataforma. Podem pagar contas domésticas e boletos, fazer compras online com o cartão de débito virtual e realizar transferências.

Com informações do site: DCI