sexta-feira, 30 de abril de 2021

Trabalhadores e aposentados do INSS podem bloquear ofertas de consignados


 


Trabalhadores e aposentados do INSS podem bloquear ofertas de consignados Ter uma grana extra na conta pode parecer uma grata surpresa para quem é aposentado ou pensionista do ‘ (Instituto Nacional do Seguro Social). O barato, porém, pode sair caro. Fraudes envolvendo consignados não são novidade. Quem recebe algum benefício provavelmente já teve algum problema envolvendo a liberação de crédito indevido.

O golpe mais conhecido funciona da seguinte maneira: o criminoso obtém os dados pessoais da vítima, tais como o CPF, e faz o empréstimo em seu nome. O falsário pega o dinheiro para si e deixa as parcelas para o segurado pagar, sendo mês a mês descontada uma fatia do seu benefício.

Um outro golpe, menos conhecido, mas cada vez mais recorrente, é aquele em que a vítima pode nem se ver prejudicada.
O empréstimo cai na conta e as parcelas vão sendo debitadas normalmente.

A vantagem, para o fraudador, é que ele fica com as taxas da operação, segundo especialistas consultados pelo Agora

TRABALHADORES E APOSENTADOS PODEM BLOQUEAR OFERTA DE CRÉDITO CONSIGNADO POR TELEFONE

A advogada Monnyse Nunes diz que os alvos mais comuns são pessoas que, no passado, já fizeram algum tipo de empréstimo. Embora menos frequentes, também há casos de quem nunca tomou um consignado, mas que preencheram dados em financeiras, por exemplo.

“No caso de quem já fez um empréstimo, além de se aproveitar de dados que já foram usados para um crédito anterior, o golpista sabe que, como a vítima já está habituada a pagar parcelas consignadas, muitas vezes, não perceberá os novos débitos”, diz.

“A questão de não perceber o desconto também ocorre devido aos baixos valores: tenho cliente que teve débitos de R$ 12″, afirma.

Com informações do site:  mixvale