sábado, 17 de abril de 2021

Quem não movimentar o auxílio emergencial vai perder o dinheiro para o Governo


 
Foto: Reprodução
O Governo Federal já começou os pagamentos do novo Auxílio Emergencial. Esses pagamentos começaram no último dia 6 e irão durar pelos próximos meses. Quem está recebendo essa quantia precisa movimentar esse dinheiro. Caso contrário, o valor volta para o Governo.

De acordo com informações do próprio Governo Federal, cada pessoa tem um prazo de 120 dias para fazer essa movimentação. A data final é diferente de pessoa para pessoa. Isso porque se conta a partir do dia do recebimento da parcela.

Então se você recebeu esse dinheiro no dia 6 de abril, você vai ter 120 dias contando a partir do dia 6 para movimentar esse dinheiro. Se você não fizer isso dentro desse prazo, o Governo Federal vai entender que você não quer usar essa quantia e o dinheiro vai voltar.

Essa é uma regra que também valeu no ano passado. Então quem não movimentou o Auxílio Emergencial no prazo de 120 dias, também perdeu o dinheiro. Além disso, teve o cancelamento no Auxílio. Isso dá uma dimensão da importância da movimentação do dinheiro.

O mesmo, aliás, aconteceu com o Bolsa Família. Quem não movimentou o dinheiro do programa, teve um cancelamento no benefício. Tanto no caso da falta de movimentação do Auxílio como no do Bolsa Família no ano passado, essas pessoas não puderam entrar nesse novo Auxílio este ano.

Não tenho app para movimentar. O que fazer?
Se você não costuma usar o app do Caixa Tem ou por algum motivo não está com acesso a um aparelho com internet, não se preocupe. Você vai poder fazer a movimentação através de um saque na própria agência da Caixa Econômica Federal. O saque já é um tipo de movimentação no dinheiro.

É certo que o Governo não está permitindo os saques agora. Seja como for, ele vai passar a permitir esse saque daqui a, em média, um mês. Isso é bem menos do que o prazo de 120 dias com falta de movimentação. Então você vai ter muitas oportunidades de movimentar esse dinheiro.
 
Seja como for, é importante prestar atenção nesse prazo. É que se, por algum motivo, você deixar ele passar, é provável que o Governo cancele o seu benefício. Além disso, é possível que eles cortem benefícios futuros, como também estão fazendo agora.

Movimentação no Auxílio
Casos de cancelamento do Auxílio por falta de movimentação foram mais comuns do que se possa imaginar em 2020. Seja como for, já se entende que esse ano essa questão vai se tornar ainda mais comum. é que agora em 2021 as pessoas não chegaram a fazer o cadastro do Auxílio.

Então é bem provável que muita gente esqueça de simplesmente consultar o seu resultado no site do Dataprev.
Muitas vezes essas pessoas deixam de movimentar não porque elas não querem ou não precisam do dinheiro, mas porque não sabiam que tinham esse direito.

De acordo com as informações do próprio Governo Federal, o novo Auxílio está pagando quatro parcelas de pagamentos que variam entre R$ 150 e R$ 375. Há muita crítica em torno desses valores. Mas o Governo vem afirmando que esses são os valores máximos que eles estão podendo pagar.

Com informações do site: Notícias Concursos