quinta-feira, 8 de abril de 2021

NuBank testa ferramenta para parcelar compras pagas à vista


 
Foto: Reprodução

O Nubank anunciou nesta terça-feira , 6, que começou a testar uma nova funcionalidade que possibilitará aos clientes do seu cartão de crédito fazer o parcelamento de compras individuais diretamente pelo seu aplicativo. A operação incidirá em juros mais baixos que o do crédito rotativo, afirma a fintech.

A funcionalidade permite que os clientes, depois de fazer uma compra à vista no cartão de crédito, possam parcelá-la pelo app do Nubank em até 12x com juros mais baixos que a média do crédito rotativo no mercado.
Para isso, basta acessar a compra em questão na fatura em aberto, selecionar a opção “Parcelar compra” e conferir os prazos e condições de pagamento, antes de confirmá-la.

O valor da compra na fatura é atualizado automaticamente assim que completada a operação. Não é possível editar ou cancelar o parcelamento depois de confirmado, mas a qualquer momento o cliente pode antecipar o pagamento e receber o desconto proporcional dos juros. Vale dizer que as parcelas não podem ser menores que R$20.

Segundo a fintech a ferramenta quer evitar que as pessoas precisem financiar toda a fatura por conta de uma única compra que esteja pesando no orçamento. A nova função pode ser usada para dividir os valores de transações em que não há a opção de parcelamento no ato da compra.
Isso ocorre, por exemplo, em compras feitas com o cartão de crédito no exterior.

O Nubank afirma que o teste do novo recurso faz parte de projeto criado por ela em 2019 e que leva o nome de “Reinventando o Cartão de Crédito”. A iniciativa pretende acabar com os juros rotativos do cartão de crédito ao apresentar soluções de financiamento mais baratas e que se encaixam melhor com as necessidades do cliente em cada momento. Estudos da fintech apontam que os clientes tradicionalmente optam pelo rotativo por não perceberem que estão contratando um produto que nem sempre é a melhor opção.

A função de parcelamento de uma compra única foi testada primeiramente com clientes mexicanos da fintech e agora começa a ser liberada também para os usuários no Brasil. Ainda de acordo com o Nubank, essa ferramenta é inédita no mercado do país.

Com informações do site: istoedinheiro