segunda-feira, 12 de abril de 2021

INSS: Benefício indeferido, o que fazer?


 
Foto: Reprodução
A aposentadoria é um benefício almejado por muitos trabalhadores brasileiros, para requerer qualquer categoria, é necessário cumprir os requisitos estipulados pelo INSS. 

Alguns cidadãos optam por fazerem um planejamento previdenciário, pois, com ele o segurado terá uma visão ampla da melhor categoria, tempo que falta para se aposentar e até  mesmo o valor que o benefício irá te oferecer.  

Agora imagine que após tanto planejamento você se depara com a palavra “Indeferido”, neste caso o que deve ser feito? No conteúdo de hoje vamos esclarecer esta dúvida.

Acompanhe.  

Qual o motivo dos benefícios previdenciários serem negados? 
Mesmo que os segurados comprovem seus direitos, através de documentos, laudos, é comum que recebam uma notificação de benefício do INSS indeferido. 

O indeferimento ocorre em todas as categorias, principalmente em benefícios por incapacidade.

Um dos principais fatores para o indeferimento é a avaliação da perícia médica do INSS, pois, é normal que o perito médico não seja especialista em determinadas doenças.

Porém, se isto acontecer, o segurado poderá reverter esta situação através de recurso.  

Benefício indeferido, o que fazer?

Primeiramente é necessário entender o motivo do indeferimento, peça uma cópia integral do processo junto à Previdência e faça uma análise, aconselhamos contratar um profissional especialista na área. 

O indeferimento pode ocorrer por : 

Falta de documentação;
Não cumprimento de alguma exigência;
Falta de carência;
Ou até mesmo erro do INSS.

Inconsistência no indeferimento do INSS
Neste caso é  primordial que o trabalhador continue com a solicitação, pois, benefícios previdenciários é um direito garantido por lei. 

O segurado tem a opção de entrar com um pedido de recurso administrativo, onde poderá argumentar qual a falha cometida pelo INSS e em seguida apresentar novos documentos e provas a seu favor. 

Onde solicitar o recurso?
Esta solicitação é feita diretamente pela Central de Teleatendimento 135 ou através do site e aplicativo do INSS, o prazo para fazer esta solicitação é de 30 dias, contando  a partir do aviso de indeferimento.

Caso contrário, se o recurso administrativo não resolver, você tem o direito de recorrer pela justiça e para isso você deve ter acompanhamento de um profissional qualificado.  


Com informações do site: Jornal Contábil