segunda-feira, 26 de abril de 2021

Calendário INSS: Final 1 recebe salário de até R$ 1,1 mil hoje (26)


 
Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (26), o Instituto Nacional do Seguro Social dará início a mais um calendário de pagamentos das aposentadorias e pensões. De acordo com o calendário INSS hoje receberão aqueles que possuem o NIS terminado em 1, e que recebem até um salário mínimo.

O Calendário INSS é dividido em dois grupos. O primeiro a receber são os que ganham até um salário mínimo. O outro calendário paga aos que recebem mais que o piso nacional. Mesmo possuindo datas distintas, ambos finalizam no mesmo momento.

O pagamento do Calendário INSS ocorre de forma escalonada. Dessa maneira, os segurados são divididos conforme o final do Número de Identificação Social (NIS).
Esse número começa do 0 e vai até o 9.

Os pagamentos iniciam com aqueles que possuem o NIS terminado em 1 e finaliza com aqueles que possuem o NIS com final 0. O calendário INSS para quem recebe um salário mínimo dura dez dias e paga um beneficiário por dia.

Esse inicia na última semana do mês e segue durante a primeira semana do mês seguinte. O outro calendário de pagamento do Instituto dura apenas cinco dias e paga de dois a quatro grupos de beneficiários por dia.

Como possui uma duração curta, seu pagamento ocorre na primeira semana do mês. Dessa maneira, todas primeiras semanas do mês, o Instituto realiza pagamentos. Essa divisão distinta é feita porque há mais beneficiários do INSS que recebem apenas um salário mínimo.

Por esse motivo, o Instituto faz essa divisão para não congestionar o atendimento nos postos de pagamentos e caixas de autoatendimento. No início do ano o órgão divulga todas as datas de pagamentos, com exceção do Abono Natalino.

Este mês será o quarto pagamento do salário de aposentados e pensionistas do INSS. Ambos os calendários serão finalizados no dia 7 de maio. É importante lembrar que não há pagamentos nos fins de semana.

Calendário INSS mês de abril – Salário mínimo


Calendário INSS mês de abril – Maior que um salário mínimo



Com informações do site: fdr - Glaucia Alves