sábado, 3 de abril de 2021

Caixa e Banco do Brasil divulgam data limite para quem ainda não sacou a antecipação do PIS/PASEP de até R$ 1.100,00; veja datas e como consultar saldo


 
Foto: Reprodução
O abono salarial PIS/Pasep exercício 2020/2021 ainda não foi sacado por mais de 7,1 milhões de trabalhadores. O saque pode ser realizado até 30 de junho de 2021. A Caixa Econômica e o Banco do Brasil anteciparam a data de pagamento do abono salarial do PIS/Pasep 2020/2021.

De acordo com o Diário Oficial da União o PIS foi liberado para os nascidos em março, abril, maio e junho, desde o dia 11 de fevereiro.

Quanto ao Pasep, os servidores com final de inscrição 6, 7, 8 e 9 também receberam a partir da mesma data, 11 de fevereiro.

Como saber se tenho direito ao PIS/Pasep?

No site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em "Consultar pagamento" Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207.

Calendário de Pagamento PIS/Pasep 2020-2021

PIS 

Nascidos em julho 

Início do pagamento: 16 de julho de 2020
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em agosto 

Início do pagamento: 18 de agosto de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em setembro 

Início do pagamento: 15 de setembro de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em outubro 

Início do pagamento: 14 de outubro de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em novembro 

Início do pagamento: 17 de novembro de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em dezembro 

Início do pagamento: 15 de dezembro de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em janeiro 

Início do pagamento: 19 de janeiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em fevereiro 

Início do pagamento: 19 de janeiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em março 

Início do pagamento: 11 de fevereiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em abril 

Início do pagamento: 11 de fevereiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em maio 

Início do pagamento: 11 de fevereiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Nascidos em junho 

Início do pagamento: 11 de fevereiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Pasep 

Final da inscrição 0 

Início do pagamento: 16 de julho de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Final da inscrição 1 

Início do pagamento: 18 de agosto de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Final da inscrição 2 

Início do pagamento: 15 de setembro de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Final da inscrição 3 

Início do pagamento: 14 de outubro de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Final da inscrição 4 

Início do pagamento: 17 de novembro de 2020 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Final da inscrição 5 

Início do pagamento: 19 de janeiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Final da inscrição 6 e 7 

Início do pagamento: 11 de fevereiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Final da inscrição 8 e 9 

Início do pagamento: 11 de fevereiro de 2021 
Data limite para sacar: 30 de junho de 2021 

Como sacar 

Quanto ao saque, ainda pode ser realizado até 30 de junho de 2021. No entanto, para quem não é correntista da Caixa, o dinheiro cai na poupança social digital e pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Já para quem é correntista, os créditos são realizados nas contas existentes e a movimentação é feita com o cartão ou pelo banking e Aplicativo da Caixa. Quem tem conta em outro banco pode fazer a transferência em uma agência ou pela internet. 

Nos casos em que o PIS não possa ser creditado em conta existente ou na poupança social digital, é possível fazer o saque com o Cartão do Cidadão, mediante senha nos terminais de autoatendimento, lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e agências.  

Quem tem direito

O abono do PIS/Pasep é um pagamento que funciona como uma espécie de 14º salário para o trabalhador de baixa renda. Por isso, para ter direito, é necessário ter trabalhado, formalmente, por ano menos 30 dias em 2020, consecutivos ou não. 

O PIS é destinado a trabalhadores da iniciativa privada. Já o Pasep se refere aos servidores públicos.  

Quais os valores 

De acordo com a Caixa, o valor do abono salarial já foi atualizado com o salário mínimo, que passou de R$ 1.045 para R$ 1.100, em 2021. No entanto, o valor varia de acordo com o número de meses trabalhados com carteira no último ano inteiro. Com o reajuste do salário mínimo, no ano-base 2020, o valor do benefício vai de R$ 92 (um mês trabalhado no ano) a R$ 1.100 (doze meses trabalhados).